Dilemas e controvérsias no mandato e licença profissional: o programa de justiça escolar em questão

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

O presente artigo apresenta dados empíricos recolhidos no âmbito de um projeto de doutoramento centrado na reforma do Estatuto da Carreira Docente, ocorrida em Portugal no ano de 2007 e que pretende implementar um conjunto de injunções no mandato e licença profissional destes profissionais no sentido de um trabalho orientado para os resultados obtidos pelos alunos e maior responsabilização dos professores por esses mesmos resultados. Tendo como pano de fundo desta reforma, pretende-se abordar algumas das dificuldades e incertezas no quotidiano dos profissionais de ensino geradas pela conciliação entre as demandas exteriores para a eficácia na ação educativa e as exigências decorrentes dos novos públicos escolas com que os professores se confrontam. O quadro teórico proposto por Boltanski e Thévenot constitui a base condutora do olhar analítico.
Original languagePortuguese
Title of host publicationA Educação na Europa do Sul
Subtitle of host publicationConstrangimentos e Desafios em Tempos Incertos
EditorsMariana Gaio Alves, Leonor Lima Torres, Bruno Dionísio, Pedro Abrantes
Place of PublicationLisboa
PublisherFaculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa
Pages1035-1054
ISBN (Electronic)978-989-678-412-6
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • teaching career statute
  • professional mandate and licence
  • moral and political judgements
  • school justice program
  • estatuto da carreira docente
  • licença e mandato profissional
  • juízos políticos e morais
  • programa de justiça escolar

Cite this

Resende, J. M. V. S., Beirante, D. A. A. D. P., & Gouveia, L. (2016). Dilemas e controvérsias no mandato e licença profissional: o programa de justiça escolar em questão. In M. G. Alves, L. L. Torres, B. Dionísio, & P. Abrantes (Eds.), A Educação na Europa do Sul: Constrangimentos e Desafios em Tempos Incertos (pp. 1035-1054). Lisboa: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa.