Diálogos intertextuais: ironia e paródia em Mário de Carvalho

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

As poéticas contemporâneas têm vindo a ocupar-se da relevância da tradição clássica nos textos de autores consagrados, evocando, também, o dialogismo que a literatura mantém com a literatura de tradição oral e com outras formas de arte e outros saberes. A intertextualidade presente nas obras de Mário de Carvalho sanciona essa inter-relação e patenteia, igualmente, um discurso auto autoral. Tendo como base o romance matricial O Livro Grande de Tebas, Navio e Mariana, esse intercâmbio assinala-se através dos mecanismos da ironia e da paródia.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)48-55
Number of pages8
JournalA Morte do Artista
Volume1
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Literatura
  • Mário de Carvalho
  • Ironia
  • Paródia
  • Intertextualidade

Cite this