Depois de Freud: «O que é o Homem?»: Dramática humana e mal-estar na civilização

Research output: Contribution to journalArticle

131 Downloads (Pure)

Abstract

Freud vem alterar as premissas da compreensão, até aí filosófica, do devir e da História do Homem no Mundo, ao postular, de forma integralmente inovadora, que falar do Homem exige uma Ciência de tipo novo, transversal e integrativa (contra-disciplinar, anti-académica e não meramente discursiva ou ensaística), capaz de investigar a articulação instável e delirante da Mente com a organização dramática e problemática do Mundo Político, visando equacionar o paradoxo do “Mal-estar na Civilização”, que o Darwinismo Social, centrado no conceito de Progresso Civilizacional, jamais conseguiu pensar senão para propor a sua superação (de Hitler a Bertrand Russell) com uma ‘Real Politik’ despótica e delirante.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)251-272
Number of pages21
JournalTrabalhos de Antropologia e Etnologia
Volume56
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Descontentamento civilizacional
  • Teorização Freudiana
  • Novo tipo de Ciência

Cite this