Degradação da aderência entre compósitos de GFRP e betão devido a condições ambientais severas

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contributionpeer-review

Abstract

A degradação da ligação entre compósitos de matriz polimérica reforçada por fibras (FRP) e o betão é uma das principais causas de possível rotura das vigas e lajes de betão armado reforçadas externamente por compósitos de FRP. Desde há mais de 10 anos que se estuda, por isso, na UNL o comportamento dessa ligação, integrado em programa mais alargado de estudo da durabilidade deste tipo de reforço, especialmente quando sujeito a condições ambientais severas que se simulam por processos artificialmente acelerados no laboratório. Em particular a degradação da aderência e o possível descolamento precoce do reforço têm sido modelados física e computacionalmente com principal incidência no uso de fibras de vidro (GFRP) e resina epoxídica. Nesta comunicação mostram-se resultados obtidos em termos de capacidade de carga, força transmitida ao reforço e tensões de aderência após envelhecimentos de pequenas vigas de betão armado (BA) por ciclos de nevoeiro salino, ciclos seco/molhado em solução salina, ciclos de temperatura entre +7,5ºC e +47,5ºC e gelo-degelo de -10ºC a +30ºC. Faz-se recomendação quanto à extensão máxima para diferentes envelhecimentos. Apresenta-se comparação entre resultados de modelação numérica e experimental.
Original languageUnknown
Title of host publicationBetão Estrutural
Pages1-10
Publication statusPublished - 1 Jan 2012
EventBetão Estrutural 2012 -
Duration: 1 Jan 2012 → …

Conference

ConferenceBetão Estrutural 2012
Period1/01/12 → …

Cite this