De Mercados de Rua, Álbuns de Guerra e Filmes de Família à Prática Artística Contemporânea: Descolonizando o Presente através do Arquivo Colonial

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

8 Downloads (Pure)

Abstract

Este artigo examina práticas artísticas contemporâneas que têm
investigado a história, o arquivo, a memória e a pós-memória, quer públicos, quer privados, do império colonial português, da guerra “colonial” e da descolonização. Imagens semioticamente densificadas por camadas processuais que retêm a sua bidimensionalidade complexificam-se materialmente ao ponto de nalguns casos se tornarem instalação e escultura, sólidas e até líquidas. A partir de fotografias de arquivo apropriadas, anónimas no caso de Délio Jasse, familiares no caso de Daniel Barroca (cujo arquivo inclui som), e recorrendo a diferentes estratégias de distorção visual (e sonora), ambos os artistas investigam memórias e vestígios de violências coloniais e desestabilizam a cristalização de narrativas históricas ao conferir visibilidade “hauntológica” a uma espetralidade que habita o presente e dele exige reconhecimento (Derrida 1994, Gordon 2008, Demos 2013b). Assim faz
igualmente Raquel Schefer no seu trabalho videográfico em que revisita filmes do período colonial que são também álbuns familiares, dessa forma inscrevendo a sua própria subjetividade no seu trabalho artístico de confrontação crítica do presente com os seus silêncios, amnésias e nostalgias. Quer as reflexões contidas nestas práticas, quer as reflexões por elas suscitadas pretendem contribuir para uma descolonização epistemológica e ético-política do presente.
Original languagePortuguese
Title of host publicationConference Proceedings of the V AIM Annual Meeting
EditorsSofia Sampaio, Filipe Reis, Gonçalo Mota
Place of PublicationLisboa
PublisherAIM – Associação de Investigadores da Imagem em Movimento
Pages180-193
Number of pages13
ISBN (Print)978-989-98215-4-5
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Arte contemporânea
  • Império colonial
  • Guerra
  • Descolonização
  • Arquivo e memória

Cite this

Oliveira, A. B. D. (2016). De Mercados de Rua, Álbuns de Guerra e Filmes de Família à Prática Artística Contemporânea: Descolonizando o Presente através do Arquivo Colonial. In S. Sampaio, F. Reis, & G. Mota (Eds.), Conference Proceedings of the V AIM Annual Meeting (pp. 180-193). Lisboa: AIM – Associação de Investigadores da Imagem em Movimento.