De Castelo de Vide ao Mandovi: Catarina de Orta entre duas inquisições

Research output: Contribution to journalArticle

29 Downloads (Pure)

Abstract

Em 1569, Catarina de Orta foi condenada a ser relaxada à justiça secular pela Inquisição de Goa, depois de um conturbado processo, pleno de declarações contraditórias e de revogações por parte da ré. Neste artigo, procuraremos examinar as declarações produzidas em Goa sobre o decurso da sua vida, propondo uma análise destinada, não a apreender a veracidade das mesmas, mas a identificar referentes de impacto emocional, marcadores da sua memória a partir dos quais traçar uma leitura biográfica desta cristã-nova natural de Castelo de Vide.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)221-241
Number of pages20
JournalRevista da Santa Casa da Misericórdia de Braga
Issue number14
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • Catarina de Orta
  • Tempo
  • Memória
  • Judaísmo
  • Inquisição de Goa

Cite this