Da Estratégia de Lisboa à Estratégia Europa 2020: a (des)construção do Estado Social no discurso político comunitário

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

O artigo analisa comparativamente o discurso apresentado por duas estratégias centrais para a política social e económica comunitária, a Estratégia de Lisboa e a sua sucessora, a Estratégia Europa 2020. Verifica-se uma substituição gradual das tradicionais noções de cidadania social por responsabilidades privadas e uma socialmente frágil cidadania activa, que centra os direitos sociais essencialmente na questão laboral, com o objectivo de tornar os cidadãos mais «empregáveis». A União Europeia coloca um desafio a si própria: mobilizar os cidadãos europeus, cujo apoio é essencial para a sua legitimação democrática, para um projecto de desenvolvimento que implica um decréscimo dos direitos sociais e um acréscimo das responsabilidades cívicas.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)189-199
Number of pages10
JournalRevista Portuguesa de Ciência Política
Issue number1
Publication statusPublished - 1 Dec 2011

Keywords

  • Estratégia de Lisboa
  • stratégia Europa 2020
  • Modelo Social Europeu
  • cidadania activa

Cite this