Da coesão institucional à coesão territorial. A espessura institucional como orientação para as políticas de desenvolvimento regional

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Face às dinâmicas promovidas pelo processo lato de Globalização, também os contextos de actuação política sobre os territórios se têm transformado. A reconfiguração das escalas de acção tem projectado sobre a dimensão regional um papel de relevância crescente na organização dos espaços, através da promoção de um modelo ideal de descentralização e articulação entre o Estado e os actores regionais e locais. Ao assumir tais pressupostos, o presente exercício pretende mostrar que este fortalecimento da dimensão regional é determinante para o robustecimento das relações intra-regionais, isto é, para a criação de sinergias entre os espaços rurais e urbanos. Neste sentido, propõe-se que o desígnio da Coesão Territorial poderá ser alcançado através do estímulo da dinâmica institucional, sobre a qual está estabelecido o conceito de espessura institucional dos territórios. As instituições são a espessura do território, tal como os territórios são a expressão das diferenças dos sistemas institucionais e culturas de governação.
Original languageUnknown
Title of host publicationIX Congresso da Geografia Portuguesa
EditorsTeresa Pinto Correia, Virgínia Henriques E Rui Pedro Julião
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação POrtuguesa de Geógrafos
Pages503-508
ISBN (Print)978-972-99436-6-9
Publication statusPublished - 1 Jan 2013

Publication series

NameGeografia: Espaço, Natureza, Sociedade e Ciência
PublisherAssociação Portuguesa de Geógrafos

Cite this