Crescendo entre ecrãs

competências digitais de crianças de 3 a 8 anos

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

7 Downloads (Pure)

Abstract

As crianças portuguesas de três-oito anos estão a crescer em lares apetrechados com dispositivos móveis, individualizados, de pequeno porte e ecrãs tácteis, com aplicações diversificadas. Apesar desta ecologia digital, o primeiro inquérito nacional sobre como as crianças estão a crescer entre ecrãs (N= 656), realizado para a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), em 2016, contraria pressuposições de um boom tecnológico. Apenas 38% dos pais reportam que as crianças usam a internet e prevalece uma mediação centrada no controlo e na restrição. Este texto apresenta e discute resultados desse inquérito e do estudo qualitativo em 20 famílias cujas crianças acedem a meios digitais, centrando-se nas competências digitais. Estas incluem competências tradicionais (ler, escrever e contar), e outras relacionadas com acesso e uso das tecnologias digitais (Sefton-Green, Marsh, Erstad & Flewitt, 2016).
Original languagePortuguese
Title of host publicationLiteracia, Media e Cidadania
Subtitle of host publicationLivro de Atas do 4.º Congresso
EditorsSara Pereira, Manuel Pinto
Place of PublicationBraga
PublisherCECS-Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (Universidade do Minho)
Pages144-157
Number of pages13
ISBN (Electronic)978-989-8600-71-4
Publication statusPublished - 2017
Event4.º Congresso Literacia, Media e Cidadania - Fundação Eng. António de Almeida, Porto
Duration: 5 May 20176 May 2017

Conference

Conference4.º Congresso Literacia, Media e Cidadania
CityPorto
Period5/05/176/05/17

Keywords

  • Competências digitais
  • Aprendizagens
  • Crianças
  • Famílias

Cite this

Castro, T. S., Ponte, M. C. M. D., Jorge, A. M. F. R., & Batista, S. (2017). Crescendo entre ecrãs: competências digitais de crianças de 3 a 8 anos. In S. Pereira, & M. Pinto (Eds.), Literacia, Media e Cidadania : Livro de Atas do 4.º Congresso (pp. 144-157). Braga: CECS-Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (Universidade do Minho).