Construir sem conflitos

As normas para o controlo da atividade construtiva em Valência, Sevilha e Lisboa (séculos XIII a XVI)

Research output: Contribution to journalArticle

2 Citations (Scopus)
1 Downloads (Pure)

Abstract

Neste artigo comparam-se três conjuntos de normas jurídicas para o controlo da atividade construtiva de três cidades medievais ibéricas: Valência, Sevilha e Lisboa. O estudo inicia-se pelo exame às estruturas administrativas e jurídicas deste âmbito normativo, focando em particular os oficiais responsáveis e o seu legado islâmico. Depois, averigua-se as similitudes e diferenças entre as normas em análise e apura-se as suas influências jurídicas. Alerta-se ainda para o potencial contributo da documentação jurídica no conhecimento das formas urbanas medievais.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)825-859
Number of pages35
JournalAnuario De Estudios Medievales
Volume47
Issue number2
DOIs
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Controlo da atividade construtiva
  • Normas jurídicas
  • Valência
  • Sevilha
  • Lisboa

Cite this