Construir e Reconstruir na Europa Urbana Medieval

Translated title of the contribution: Construction and reconstruction in Medieval Urban Europe

Amélia Aguiar Andrade (Editor/Coordinator), Gonçalo Melo Silva (Editor/Coordinator)

Research output: Book/ReportBookpeer-review

30 Downloads (Pure)

Abstract

A obra agora disponibilizada ao público organiza-se em seis secções – Os rostos da construção: assalariados, mesteres e outros; Abastecimento de matérias-primas de construção; O financiamento das obras; A construção e reconstrução no espaço urbano; Edifícios militares; Edifícios religiosos – que procuraram organizar os textos de forma coerente, numa estrutura que constitui uma proposta que pretende ainda ter presente a complexidade de algumas temáticas, o cruzamento de tipologias documentais diversificadas e, simultaneamente, valorizar as distintas metodologias e perspetivas de investigação desenvolvidas pelos autores. As três primeiras glosam os elementos estruturantes da construção medieval: a mão de obra, as matérias-primas e o financiamento. Enquanto a quarta secção permite uma reflexão sobre as vicissitudes dos ritmos e da dinâmica construção/reconstrução tão presentes na Idade Média, as duas últimas centram-se nas tipologias de edificado de maior impacto visual e simbólico na urbe medieval: os edifícios militares e os edifícios religiosos.
Translated title of the contributionConstruction and reconstruction in Medieval Urban Europe
Original languagePortuguese
Place of PublicationLisboa, Castelo de Vide
PublisherIEM - Instituto de Estudos Medievais / Câmara Municipal de Castelo de Vide
Number of pages515
ISBN (Print)978-989-53942-8-9, 978-972-9040-24-5
Publication statusPublished - 2023
EventVII Jornadas Internacionais de Idade Média: “Construir e Reconstruir na Europa Urbana Medieval” - Câmara Municipal de Castelo de Vide, Castelo de Vide, Portugal
Duration: 7 Oct 20229 Oct 2022
Conference number: 7

Publication series

NameColeção Estudos
No.31

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Construction and reconstruction in Medieval Urban Europe'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this