Construcao Sustentavel: Contributo para a Construcao de Sistema de Certificacao

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

O presente artigo pretende tornar evidente através de uma análise comparativa entre os atuais sistemas de avaliação e certificação da construção sustentável, a nível nacional (ECO e LIDERA) e internacional (BEPAC, BREEAM, CASBEE, GBC, GBCA, HQE, LEED e NABERS) com a finalidade de identificar na sua estrutura e método de avaliação, as áreas, parâmetros e critérios de avaliação mais determinantes e aplicáveis aos diferentes países do espaço lusófono. Deste modo, através da comparação da realidade dos países e dos sistemas analisados é obtida uma base de suporte à formulação de um sistema mais eficiente, abrangente, consistente e de fácil aplicabilidade. O sistema desenvolvido permite a sua adaptação às várias realidades e contextos ambientais, sociais e económicas dos diversos países. A sua estrutura baseia-se nas três vertentes do desenvolvimento sustentável: Ambiental, Social e Económica. O modo de aplicação do sistema é feito com recurso a folhas de cálculo automatizadas em que o técnico apenas terá de verificar se determinado critério de avaliação é ou não cumprido de acordo com o edifício em estudo. O resultado alcançado com esta nova abordagem permitirá a obtenção de uma avaliação e posterior certificação do nível de eficiência de desempenho do edifício de um modo rápido e eficaz, garantindo o conforto ambiental aos seus utilizadores e um correto consumo de recursos naturais de acordo com o processo de desenvolvimento sustentável que se pretende alcançar nas sociedades.
Original languageUnknown
Title of host publicationInovação na Construcao Sustentavel
Pages489-516
Publication statusPublished - 1 Jan 2012
EventCINCOS 2012 -
Duration: 1 Jan 2012 → …

Conference

ConferenceCINCOS 2012
Period1/01/12 → …

Cite this

Amado, M. P. (2012). Construcao Sustentavel: Contributo para a Construcao de Sistema de Certificacao. In Inovação na Construcao Sustentavel (pp. 489-516)