O cinema como objecto para a nova evangelização da Igreja católica

Translated title of the contribution: Cinema as an object for the new evangelization of the catholic Church

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

As transformações sociais e culturais ocorridas a partir do segundo quartel do século XX tiveram um profundo reflexo na vida da Igreja Católica. Se, por um lado, a secularização obrigou a uma deslocação e recomposição do facto religioso nas sociedades – através da qual o mundo deixa de ser visto como um inimigo a condenar e passa a ser entendido como um parceiro de diálogo e alvo da própria evangelização –; por outro lado, a rápida expansão dos meios de comunicação de massas abriu à Igreja novas possibilidades, mas também novos desafios de confronto com a mensagem evangélica. É neste campo que ganha particular relevância o cinema,enquanto objecto ao serviço do aperfeiçoamento humano, do desenvolvimento duma opinião pública recta e da propagação e afirmação do reino de Deus no seio da nova humanidade; enfim, enquanto epílogo da nova evangelização.
Original languagePortuguese
Title of host publicationCine y Religiones
Subtitle of host publicationExpresiones fílmicas de creencias humanas
EditorsFrancisco Salvador Ventura
Place of PublicationParis
PublisherUniversité Paris Sud
Pages135-154
Number of pages19
ISBN (Print)978-2-9547252-0-8
Publication statusPublished - 2013

Keywords

  • Cinema
  • Igreja Católica
  • Evangelização
  • Nova Evangelização
  • Media
  • Secularização
  • Moral cristã
  • Progresso humano
  • Catholic Church
  • Evangelization
  • New Evangelization
  • Secularization
  • Christian morality
  • Human progress

Fingerprint Dive into the research topics of 'Cinema as an object for the new evangelization of the catholic Church'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this

    Moniz, J. C. S. B. (2013). O cinema como objecto para a nova evangelização da Igreja católica. In F. S. Ventura (Ed.), Cine y Religiones: Expresiones fílmicas de creencias humanas (pp. 135-154). Paris: Université Paris Sud.