Castelo de Castelo Branco

Achados Fortuitos nas colecções do Museu Francisco Tavares Júnior

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

9 Downloads (Pure)

Abstract

Embora tenham ocorrido diversos trabalhos arqueológicos na alcáçova albicastrense, nomeadamente nas décadas de 1980 e de 2000, naquele local verificaram­‑se alguns achados fortuitos ao longo do século XX que permanecem na sua maioria inéditos. Grande parte destes achados integrava a colecção pessoal de Francisco Tavares Proença Júnior, que esteve na origem do actual museu com o seu nome, onde hoje se encontram em depósito. Este conjunto de materiais recolhidos no castelo e na sua área envolvente inclui peças de diversas épocas, com destaque para as dos períodos romano e medieval.


In addition to archaeological digs in the Castelo Branco fortress in the beginning of the 1980’s, there are some fortuitous findings in the place from all over the 20th century. Most of them are unpublished and are part of the private collection of Francisco Tavares Proença Júnior, who has created an archaeological museum in 1910, which is named after him today. There were some artifacts from the castle and the surrounding area, mainly from the Roman and Medieval Era.
Original languagePortuguese
Title of host publicationArqueologia em Portugal
Subtitle of host publication150 Anos
EditorsJosé Morais Arnaud, Andrea Martins, César Neves
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação dos Arqueólogos Portugueses
Pages961-967
Number of pages6
ISBN (Print)978-97-9451-51-5
Publication statusPublished - 2013
EventI Congresso da Associação dos Arqueólogos Portugueses - Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa, Portugal
Duration: 21 Nov 201323 Nov 2013

Conference

ConferenceI Congresso da Associação dos Arqueólogos Portugueses
CountryPortugal
CityLisboa
Period21/11/1323/11/13

Cite this

Boavida, C. (2013). Castelo de Castelo Branco: Achados Fortuitos nas colecções do Museu Francisco Tavares Júnior. In J. Morais Arnaud, A. Martins, & C. Neves (Eds.), Arqueologia em Portugal: 150 Anos (pp. 961-967). Lisboa: Associação dos Arqueólogos Portugueses.
Boavida, Carlos. / Castelo de Castelo Branco : Achados Fortuitos nas colecções do Museu Francisco Tavares Júnior. Arqueologia em Portugal: 150 Anos. editor / José Morais Arnaud ; Andrea Martins ; César Neves. Lisboa : Associação dos Arqueólogos Portugueses, 2013. pp. 961-967
@inproceedings{e327898ce4334ab9bcb71a9923d2206c,
title = "Castelo de Castelo Branco: Achados Fortuitos nas colec{\cc}{\~o}es do Museu Francisco Tavares J{\'u}nior",
abstract = "Embora tenham ocorrido diversos trabalhos arqueol{\'o}gicos na alc{\'a}{\cc}ova albicastrense, nomeadamente nas d{\'e}cadas de 1980 e de 2000, naquele local verificaram­‑se alguns achados fortuitos ao longo do s{\'e}culo XX que permanecem na sua maioria in{\'e}ditos. Grande parte destes achados integrava a colec{\cc}{\~a}o pessoal de Francisco Tavares Proen{\cc}a J{\'u}nior, que esteve na origem do actual museu com o seu nome, onde hoje se encontram em dep{\'o}sito. Este conjunto de materiais recolhidos no castelo e na sua {\'a}rea envolvente inclui pe{\cc}as de diversas {\'e}pocas, com destaque para as dos per{\'i}odos romano e medieval.In addition to archaeological digs in the Castelo Branco fortress in the beginning of the 1980’s, there are some fortuitous findings in the place from all over the 20th century. Most of them are unpublished and are part of the private collection of Francisco Tavares Proen{\cc}a J{\'u}nior, who has created an archaeological museum in 1910, which is named after him today. There were some artifacts from the castle and the surrounding area, mainly from the Roman and Medieval Era.",
author = "Carlos Boavida",
year = "2013",
language = "Portuguese",
isbn = "978-97-9451-51-5",
pages = "961--967",
editor = "{Morais Arnaud}, Jos{\'e} and Andrea Martins and C{\'e}sar Neves",
booktitle = "Arqueologia em Portugal",
publisher = "Associa{\cc}{\~a}o dos Arque{\'o}logos Portugueses",

}

Boavida, C 2013, Castelo de Castelo Branco: Achados Fortuitos nas colecções do Museu Francisco Tavares Júnior. in J Morais Arnaud, A Martins & C Neves (eds), Arqueologia em Portugal: 150 Anos. Associação dos Arqueólogos Portugueses, Lisboa, pp. 961-967, I Congresso da Associação dos Arqueólogos Portugueses, Lisboa, Portugal, 21/11/13.

Castelo de Castelo Branco : Achados Fortuitos nas colecções do Museu Francisco Tavares Júnior. / Boavida, Carlos.

Arqueologia em Portugal: 150 Anos. ed. / José Morais Arnaud; Andrea Martins; César Neves. Lisboa : Associação dos Arqueólogos Portugueses, 2013. p. 961-967.

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

TY - GEN

T1 - Castelo de Castelo Branco

T2 - Achados Fortuitos nas colecções do Museu Francisco Tavares Júnior

AU - Boavida, Carlos

PY - 2013

Y1 - 2013

N2 - Embora tenham ocorrido diversos trabalhos arqueológicos na alcáçova albicastrense, nomeadamente nas décadas de 1980 e de 2000, naquele local verificaram­‑se alguns achados fortuitos ao longo do século XX que permanecem na sua maioria inéditos. Grande parte destes achados integrava a colecção pessoal de Francisco Tavares Proença Júnior, que esteve na origem do actual museu com o seu nome, onde hoje se encontram em depósito. Este conjunto de materiais recolhidos no castelo e na sua área envolvente inclui peças de diversas épocas, com destaque para as dos períodos romano e medieval.In addition to archaeological digs in the Castelo Branco fortress in the beginning of the 1980’s, there are some fortuitous findings in the place from all over the 20th century. Most of them are unpublished and are part of the private collection of Francisco Tavares Proença Júnior, who has created an archaeological museum in 1910, which is named after him today. There were some artifacts from the castle and the surrounding area, mainly from the Roman and Medieval Era.

AB - Embora tenham ocorrido diversos trabalhos arqueológicos na alcáçova albicastrense, nomeadamente nas décadas de 1980 e de 2000, naquele local verificaram­‑se alguns achados fortuitos ao longo do século XX que permanecem na sua maioria inéditos. Grande parte destes achados integrava a colecção pessoal de Francisco Tavares Proença Júnior, que esteve na origem do actual museu com o seu nome, onde hoje se encontram em depósito. Este conjunto de materiais recolhidos no castelo e na sua área envolvente inclui peças de diversas épocas, com destaque para as dos períodos romano e medieval.In addition to archaeological digs in the Castelo Branco fortress in the beginning of the 1980’s, there are some fortuitous findings in the place from all over the 20th century. Most of them are unpublished and are part of the private collection of Francisco Tavares Proença Júnior, who has created an archaeological museum in 1910, which is named after him today. There were some artifacts from the castle and the surrounding area, mainly from the Roman and Medieval Era.

M3 - Conference contribution

SN - 978-97-9451-51-5

SP - 961

EP - 967

BT - Arqueologia em Portugal

A2 - Morais Arnaud, José

A2 - Martins, Andrea

A2 - Neves, César

PB - Associação dos Arqueólogos Portugueses

CY - Lisboa

ER -

Boavida C. Castelo de Castelo Branco: Achados Fortuitos nas colecções do Museu Francisco Tavares Júnior. In Morais Arnaud J, Martins A, Neves C, editors, Arqueologia em Portugal: 150 Anos. Lisboa: Associação dos Arqueólogos Portugueses. 2013. p. 961-967