Vendado es amor no es ciego: Zarzuela de José de Nebra

Translated title of the contribution: Bandaged in love, not blind: Zarzuela by José de Nebra

Research output: Non-textual formPerformance

Abstract

O ambiente musical de Madri no século XVIII era dos mais esplendorosos e magnificentes de toda a Europa, chegando ao ponto do Rei Felipe V ter contratado o famoso castrado Farinelli para cantar exclusivamente para a família real. Em meio a muitos músicos estrangeiros que trabalhavam para a corte de Madri, destaca-se José de Nebra, nomeado organista do Convento das Descalzas Reales, a capela musical mais importante na corte depois da Capela Real, com apenas 17 anos. A partir de 1723 começa a compor música dramática para os dois teatros públicos da capital espanhola, o Corral del Principe e o Corral de la Cruz, até ser nomeado organista da capela real espanhola em 1724. A partir de 1723 compôs diversas obras cénicas que lhe trouxeram considerável fama e experiencia no género. No ambiente dos Reales Sitios, Nebra conviveria estreitamente com músicos como Domenico Scarlatti, Carlo Broschi – detto il Farinelli, e Francesco Corselli. Já no Colegio de los Cantorcicos del Rey, Nebra formaria compositores do prestígio de José Lidón, futuro mestre da capela Real, para além de exercer uma sólida influência sobre um dos mais importantes nomes da música de tecla europeia do século XVIII, o Padre Antonio Soler. A partir de 1751 é nomeado vice-maestro da Capela Real e vice-reitor do Colegio de Niños Cantorcicos del Rey, o que o faz deixar sua atividade como compositor de música teatral. Infelizmente, muitas das obras dramáticas de Nebra, denominadas Zarzuelas, não chegaram aos nossos dias, contudo, a grande qualidade das obras preservadas e o inequívoco caráter do compositor aragonês, o distinguem como um dos mais importantes compositores dramáticos da península ibérica na primeira metade do século XVIII. A Zarzuela foi um gênero musico-teatral que se desenvolveu na Espanha a partir do século XVII e que se caracteriza principalmente por conter partes instrumentais, partes vocais e partes declamadas. Os primeiros autores de textos dramáticos nesse estilo foram os ilustres Lope de Vega e Calderón de la Barca, o último muitíssimo representado nos teatros efémeros luso-brasileiros durante toda a primeira metade do século XVIII. Devido a grande presença de artistas italianos na corte espanhola, as obras do chamado “siglo de oro” passaram a valer-se de recursos da cenografia barroca italiana, conformando um espetáculo teatral de maiores dimensões que maravilhava o público, fascinado por todos os elementos visuais e sonoros que conformavam as óperas e zarzuelas de princípios dos setecentos. Em 2018 comemoramos os 250 anos do falecimento desse grande compositor com a montagem da zarzuela Vendado es amor, no es ciego, composta para o Coliseo de la Cruz de Madri em 1744. Nesta Zarzuela, duas Deusas, Vênus e Diana, disputam a soberania do monte Ida. Vênus decreta que todos aqueles que não se rendam ao amor sejam sacrificados, mas o jovem Anquises, que ainda não se apaixonou, despreza o preceito e se consagra a Diana, Deusa da castidade e da caça.
Translated title of the contributionBandaged in love, not blind: Zarzuela by José de Nebra
Original languageSpanish
Publication statusPublished - 29 Jul 2018
Event29º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga : Juiz de Fora - MG - Cine-Theatro Central , Juiz de Fora, Brazil
Duration: 22 Jul 201829 Jul 2018

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Bandaged in love, not blind: Zarzuela by José de Nebra'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this