Avalição Externa de Escolas, Auto-avaliação e Mecanismos de regulação

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Muito presente em diversos estudos sobre educação, o termo regulação remete
-nos para a criação de normas e regras no sistema educativo que procuram, sobretudo, ajustar continuamente o sistema e o comportamento dos actores. Um dos mecanismos através dos quais a regulação das organizações escolares sucede, tendo como finalidade a sua melhoria contínua, é o conjunto diversificado de práticas que concretizam a avaliação de escolas (avaliação externa, auto-avaliação e avaliação interna). De facto, no seu conjunto, estas actividades e as suas consequências contribuem para o reajustamento das práticas escolares capazes de garantirem o equilíbrio funcional, a estabilidade das escolas e a sua mudança controlada, integrando e adequando a realidade decorrente das contingentes lógicas de acção dos diversos actores.
Com este texto pretendemos a) contribuir para um mapeamento dos tipos de regulação que nos ajudam a compreender o funcionamento das organizações escolares e b) evidenciar a sua importância no quadro da reflexão sociológica sobre a avaliação de escolas.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)48-63
JournalRevista Sol Nascente
Volume8
Publication statusPublished - 2015

Cite this