Associações sócio-terapêuticas e sociedade: Diálogos solidários

Ana Maria Viegas Firmino, Cláudia Brites

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

7 Downloads (Pure)

Abstract

As associações sócio-terapêuticas são um pilar importante da sociedade pelo alcance da sua atividade, prestando um serviço muito meritório embora atuem duma forma por vezes quase impercetível, sobretudo para quem não se movimente neste meio. Hoje, as associações sócio-terapêuticas são imprescindíveis na assistência às populações, tanto a quem tem limitações físicas ou mentais, como noutras situações que condicionem a inserção social (delinquência, dependência de substancias químicas, marginalização, etc.). Nas páginas que se seguem apresentamos os conceitos de economia social e de responsabilidade social das empresas, e discutimos de que forma, cada um de nós, poderá contribuir para a sustentabilidade das IPSS‟s, que apoiam não apenas os seus utentes mais diretos e suas famílias, mas promovem igualmente o desenvolvimento dos territórios em que se inserem, criando sinergias decorrentes das suas atividades, que poderão motivar outros agentes. Os benefícios resultantes da presença destas instituições estão visíveis na criação de infraestruturas (piscinas, cantinas, escolas…) emprego, dinamização socioeconómica, oferta de atividades de interesse para as populações locais, nomeadamente de cariz cultural e ambiental, contribuindo para a coesão social e o bem-estar das populações, assim como para a revitalização dos povoados e das paisagens, que complementam a sua função terapêutica e pedagógica. Os exemplos apresentados resultam do trabalho conjunto que há já vários anos temos vindo a desenvolver com a Associação Sócio-Terapêutica de Almeida (ASTA, Cabreira, Almeida) e Casa de Santa Isabel (São Romão, Seia), assim como da consulta de literatura, e têm como objetivo divulgar projetos no âmbito da economia social, baseados num diálogo solidário em busca de um novo modelo de consumo, orientado para a solidariedade social e a responsabilidade individual e corporativa na construção de um mundo melhor.
Original languagePortuguese
Title of host publication I Colóquio Nacional de Horticultura Social e Terapêutica
EditorsIsabel de Maria Mourão, Maria Elvira Ferreira, Luís Miguel Brito, Ana Cristina Ramos
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação Portuguesa de Horticultura
Pages103-111
Number of pages9
ISBN (Electronic)978-972-8936-21-1
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • associações sócio-terapêuticas
  • dinâmicas territoriais
  • economia social
  • Responsabilidade Social das Empresas (RSE)
  • inovação social

Cite this

Firmino, A. M. V., & Brites, C. (2017). Associações sócio-terapêuticas e sociedade: Diálogos solidários. In I. D. M. Mourão, M. E. Ferreira, L. M. Brito, & A. C. Ramos (Eds.), I Colóquio Nacional de Horticultura Social e Terapêutica (pp. 103-111). Lisboa: Associação Portuguesa de Horticultura.