As teorias da secularização e da individualização em análise comparada

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

Muito se tem escrito sobre a secularização, mas poucas têm sido as investigaçõesprofundas a respeito das suas camadas internas e acerca das alternativas mais sólidas esistemáticas que lhe seguiram. Ao nosso ver, isto refletiu-se em dificuldades de compreensãointerpretativa e de aprofundamento teórico-analítico que são necessárioase possíveis de ultrapassar. Para cumprir tal desiderato, escolhemos um desenho deinvestigação que engloba as estratégias da descrição densa e do método comparativoe dividimos o trabalho em duas partes essenciais. Em primeiro lugar, analisamos osprincipais substratos da secularização, nomeadamente a diferenciação funcional, aracionalização, a societalização, a segurança existencial e a diversidade, igualitarismo eindividualismo. Em segundo lugar, introduzimos aquela que, para o estado da arte, éuma das principais e mais desafiantes alternativas às teorias da secularização – a individualização–, examinando-a à luz dos seus pressupostos fundamentais. No final dotrabalho, para efeitos de maior sistematização, oferecemos um quadro de análise coma comparação dos principais axiomas das duas teorias.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)3-33
Number of pages31
JournalEstudos de Religião
Volume31
Issue number2
Publication statusPublished - 2017

Cite this