As políticas de Acesso Aberto: História, Promessas e Tensões

Tiago Brandão, Amilton Moreira, Sata Ramalho Tanqueiro

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

Na Europa e em Portugal, o movimento do Acesso Aberto tem registado um crescimento significativo, com o desenvolvimento de repositórios institucionais, iniciativas de estímulo à publicação em acesso aberto e a incorporação desta prática nas políticas de ciência e tecnologia e em programas de apoio à investigação e inovação. Este artigo procura relembrar a trajetória histórica por detrás das correntes políticas e práticas de acesso aberto, atualmente em convergência com os discursos de ciência aberta e cidadã. Proporciona-se assim uma contextualização sobre o surgimento e a evolução do acesso aberto e a sua assunção pelas políticas de ciência e tecnologia. Ao abordar os desafios decorrentes da sua implementação, algumas contradições têm surgido, face ao mercado editorial e à necessidade de preservar modelos de negócio em andamento. Trata-se aqui pois de proporcionar ao leitor uma reflexão norteadora, com um contributo que debate as implicações que o acesso aberto traz à publicação académica e à gestão de dados.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)253-276
Number of pages23
JournalLer História
Volume78
DOIs
Publication statusPublished - Jul 2021
EventPós-Graduação em Gestão e Políticas de Ciência e Tecnologia - NOVA-FCSH, Av. de Berna, Lisboa, Portugal
Duration: 27 Sep 201915 Jan 2020
https://gestaociencia.pt/

Keywords

  • acesso aberto
  • ciência aberta
  • publicação académica
  • políticas públicas
  • Europa
  • Portugal

Cite this