As perfeitíssimas Horas da rainha D. Leonor

Leitura iconográfica e sua repercussão na definição do percurso do manuscrito

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

O presente artigo tem como tema central o Livro de Horas dito de D. Leonor, estruturando‑se em dois pontos essenciais. Em primeiro lugar, uma breve apresentação do manuscrito seguida da reconstituição de um percurso, elaborado com base em fontes documentais e num estudo mais aprofundado do manuscrito, nomeadamente, a analise formal comparativa das miniaturas que nos permitiu estabelecer a ligação entre Vrelant e o iluminador castelhano Juan de Carrion. Com base nas afinidades formais que verificamos existir entre o nosso iluminado e o Ms. 854 da Pierpont Morgan Library delineamos um possível percurso do códice até às mãos da rainha. Ao concluir, propomos a leitura iconográfica das figurações marginais, com especial enfoque nas margens que acompanham as Horas da Virgem, e cuja temática aponta para um possível encomendante ligado a corte dos Valois. Esta possível ligação à corte francesa, vai ao encontro da hipótese já alvitrada por outros autores, propondo uma estadia de Vrelant em França no período que antecedeu a sua instalação em Bruges.

This paper is focused on the Book of Hours ascribed to Queen Eleanor of Portugal and its structured in two main points. Firstly, a brief presentation of the manuscript, followed by the proposed reconstitution of its journey, based on documental sources and in a more thorough examination of the manuscript, including a formal comparative analysis of its thumbnails with other attributions, which allowed us to establish a possible link between Vrelant and the Castilian illuminator Juan Carrion. Based on the formal affinities that exist between our manuscript and the Ms. 854 from the Pierpont Morgan Library we outlined a possible route of the codex into the Queen’s hands. And to conclude, we propose the iconographic reading of the marginal figurations, with special focus on the margins that accompany the Hours of the Virgin, that suggest a possible patron connected to the Valois court. This potential link to the French court corroborates the hypothesis already advanced by other scholars, proposing the presence of Vrelant in France during the period prior to his installation in Bruges.
Original languagePortuguese
Title of host publicationLuz, cor e ouro
Subtitle of host publicationEstudos sobre manuscritos iluminados
EditorsCatarina Fernandes Barreira
Place of PublicationLisboa
PublisherBiblioteca Nacional de Portugal
Pages215-234
Number of pages20
ISBN (Electronic)978-972-565-600-6
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Livro de Horas
  • grisalha
  • rainha D. Leonor
  • Willem Vrelant
  • Juan de Carríon
  • Book of Hours
  • grisaille
  • Queen Eleanor of Portugal

Cite this

Custódio, D. M. R. M. D. S. E. (2016). As perfeitíssimas Horas da rainha D. Leonor: Leitura iconográfica e sua repercussão na definição do percurso do manuscrito. In C. F. Barreira (Ed.), Luz, cor e ouro: Estudos sobre manuscritos iluminados (pp. 215-234). Lisboa: Biblioteca Nacional de Portugal.
Custódio, Delmira Maria Rita Martins dos Santos Espada. / As perfeitíssimas Horas da rainha D. Leonor : Leitura iconográfica e sua repercussão na definição do percurso do manuscrito. Luz, cor e ouro: Estudos sobre manuscritos iluminados. editor / Catarina Fernandes Barreira. Lisboa : Biblioteca Nacional de Portugal, 2016. pp. 215-234
@inbook{7921547c478f4b02927090f999909ff5,
title = "As perfeit{\'i}ssimas Horas da rainha D. Leonor: Leitura iconogr{\'a}fica e sua repercuss{\~a}o na defini{\cc}{\~a}o do percurso do manuscrito",
abstract = "O presente artigo tem como tema central o Livro de Horas dito de D. Leonor, estruturando‑se em dois pontos essenciais. Em primeiro lugar, uma breve apresenta{\cc}{\~a}o do manuscrito seguida da reconstitui{\cc}{\~a}o de um percurso, elaborado com base em fontes documentais e num estudo mais aprofundado do manuscrito, nomeadamente, a analise formal comparativa das miniaturas que nos permitiu estabelecer a liga{\cc}{\~a}o entre Vrelant e o iluminador castelhano Juan de Carrion. Com base nas afinidades formais que verificamos existir entre o nosso iluminado e o Ms. 854 da Pierpont Morgan Library delineamos um poss{\'i}vel percurso do c{\'o}dice at{\'e} {\`a}s m{\~a}os da rainha. Ao concluir, propomos a leitura iconogr{\'a}fica das figura{\cc}{\~o}es marginais, com especial enfoque nas margens que acompanham as Horas da Virgem, e cuja tem{\'a}tica aponta para um poss{\'i}vel encomendante ligado a corte dos Valois. Esta poss{\'i}vel liga{\cc}{\~a}o {\`a} corte francesa, vai ao encontro da hip{\'o}tese j{\'a} alvitrada por outros autores, propondo uma estadia de Vrelant em Fran{\cc}a no per{\'i}odo que antecedeu a sua instala{\cc}{\~a}o em Bruges.This paper is focused on the Book of Hours ascribed to Queen Eleanor of Portugal and its structured in two main points. Firstly, a brief presentation of the manuscript, followed by the proposed reconstitution of its journey, based on documental sources and in a more thorough examination of the manuscript, including a formal comparative analysis of its thumbnails with other attributions, which allowed us to establish a possible link between Vrelant and the Castilian illuminator Juan Carrion. Based on the formal affinities that exist between our manuscript and the Ms. 854 from the Pierpont Morgan Library we outlined a possible route of the codex into the Queen’s hands. And to conclude, we propose the iconographic reading of the marginal figurations, with special focus on the margins that accompany the Hours of the Virgin, that suggest a possible patron connected to the Valois court. This potential link to the French court corroborates the hypothesis already advanced by other scholars, proposing the presence of Vrelant in France during the period prior to his installation in Bruges.",
keywords = "Livro de Horas, grisalha, rainha D. Leonor, Willem Vrelant, Juan de Carr{\'i}on, Book of Hours, grisaille, Queen Eleanor of Portugal",
author = "Cust{\'o}dio, {Delmira Maria Rita Martins dos Santos Espada}",
note = "info:eu-repo/grantAgreement/FCT/SFRH/SFRH{\%}2FBD{\%}2F79111{\%}2F2011/PT#",
year = "2016",
language = "Portuguese",
pages = "215--234",
editor = "Barreira, {Catarina Fernandes}",
booktitle = "Luz, cor e ouro",
publisher = "Biblioteca Nacional de Portugal",

}

Custódio, DMRMDSE 2016, As perfeitíssimas Horas da rainha D. Leonor: Leitura iconográfica e sua repercussão na definição do percurso do manuscrito. in CF Barreira (ed.), Luz, cor e ouro: Estudos sobre manuscritos iluminados. Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa, pp. 215-234.

As perfeitíssimas Horas da rainha D. Leonor : Leitura iconográfica e sua repercussão na definição do percurso do manuscrito. / Custódio, Delmira Maria Rita Martins dos Santos Espada.

Luz, cor e ouro: Estudos sobre manuscritos iluminados. ed. / Catarina Fernandes Barreira. Lisboa : Biblioteca Nacional de Portugal, 2016. p. 215-234.

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

TY - CHAP

T1 - As perfeitíssimas Horas da rainha D. Leonor

T2 - Leitura iconográfica e sua repercussão na definição do percurso do manuscrito

AU - Custódio, Delmira Maria Rita Martins dos Santos Espada

N1 - info:eu-repo/grantAgreement/FCT/SFRH/SFRH%2FBD%2F79111%2F2011/PT#

PY - 2016

Y1 - 2016

N2 - O presente artigo tem como tema central o Livro de Horas dito de D. Leonor, estruturando‑se em dois pontos essenciais. Em primeiro lugar, uma breve apresentação do manuscrito seguida da reconstituição de um percurso, elaborado com base em fontes documentais e num estudo mais aprofundado do manuscrito, nomeadamente, a analise formal comparativa das miniaturas que nos permitiu estabelecer a ligação entre Vrelant e o iluminador castelhano Juan de Carrion. Com base nas afinidades formais que verificamos existir entre o nosso iluminado e o Ms. 854 da Pierpont Morgan Library delineamos um possível percurso do códice até às mãos da rainha. Ao concluir, propomos a leitura iconográfica das figurações marginais, com especial enfoque nas margens que acompanham as Horas da Virgem, e cuja temática aponta para um possível encomendante ligado a corte dos Valois. Esta possível ligação à corte francesa, vai ao encontro da hipótese já alvitrada por outros autores, propondo uma estadia de Vrelant em França no período que antecedeu a sua instalação em Bruges.This paper is focused on the Book of Hours ascribed to Queen Eleanor of Portugal and its structured in two main points. Firstly, a brief presentation of the manuscript, followed by the proposed reconstitution of its journey, based on documental sources and in a more thorough examination of the manuscript, including a formal comparative analysis of its thumbnails with other attributions, which allowed us to establish a possible link between Vrelant and the Castilian illuminator Juan Carrion. Based on the formal affinities that exist between our manuscript and the Ms. 854 from the Pierpont Morgan Library we outlined a possible route of the codex into the Queen’s hands. And to conclude, we propose the iconographic reading of the marginal figurations, with special focus on the margins that accompany the Hours of the Virgin, that suggest a possible patron connected to the Valois court. This potential link to the French court corroborates the hypothesis already advanced by other scholars, proposing the presence of Vrelant in France during the period prior to his installation in Bruges.

AB - O presente artigo tem como tema central o Livro de Horas dito de D. Leonor, estruturando‑se em dois pontos essenciais. Em primeiro lugar, uma breve apresentação do manuscrito seguida da reconstituição de um percurso, elaborado com base em fontes documentais e num estudo mais aprofundado do manuscrito, nomeadamente, a analise formal comparativa das miniaturas que nos permitiu estabelecer a ligação entre Vrelant e o iluminador castelhano Juan de Carrion. Com base nas afinidades formais que verificamos existir entre o nosso iluminado e o Ms. 854 da Pierpont Morgan Library delineamos um possível percurso do códice até às mãos da rainha. Ao concluir, propomos a leitura iconográfica das figurações marginais, com especial enfoque nas margens que acompanham as Horas da Virgem, e cuja temática aponta para um possível encomendante ligado a corte dos Valois. Esta possível ligação à corte francesa, vai ao encontro da hipótese já alvitrada por outros autores, propondo uma estadia de Vrelant em França no período que antecedeu a sua instalação em Bruges.This paper is focused on the Book of Hours ascribed to Queen Eleanor of Portugal and its structured in two main points. Firstly, a brief presentation of the manuscript, followed by the proposed reconstitution of its journey, based on documental sources and in a more thorough examination of the manuscript, including a formal comparative analysis of its thumbnails with other attributions, which allowed us to establish a possible link between Vrelant and the Castilian illuminator Juan Carrion. Based on the formal affinities that exist between our manuscript and the Ms. 854 from the Pierpont Morgan Library we outlined a possible route of the codex into the Queen’s hands. And to conclude, we propose the iconographic reading of the marginal figurations, with special focus on the margins that accompany the Hours of the Virgin, that suggest a possible patron connected to the Valois court. This potential link to the French court corroborates the hypothesis already advanced by other scholars, proposing the presence of Vrelant in France during the period prior to his installation in Bruges.

KW - Livro de Horas

KW - grisalha

KW - rainha D. Leonor

KW - Willem Vrelant

KW - Juan de Carríon

KW - Book of Hours

KW - grisaille

KW - Queen Eleanor of Portugal

M3 - Chapter

SP - 215

EP - 234

BT - Luz, cor e ouro

A2 - Barreira, Catarina Fernandes

PB - Biblioteca Nacional de Portugal

CY - Lisboa

ER -

Custódio DMRMDSE. As perfeitíssimas Horas da rainha D. Leonor: Leitura iconográfica e sua repercussão na definição do percurso do manuscrito. In Barreira CF, editor, Luz, cor e ouro: Estudos sobre manuscritos iluminados. Lisboa: Biblioteca Nacional de Portugal. 2016. p. 215-234