As Pedras Falam. o Mosteiro de S. Dinis e s. Bernardo de Odivelas e o Mosteiro de Santa Clara e Santa Isabel de Coimbra: arquitetura e espiritualidade

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

O mosteiro de S. Dinis e S. Bernardo de Odivelas e o mosteiro de Santa Clara e Santa Isabel de Coimbra foram estatuídos graças à ação mecenática e ao padroado dos reis D. Dinis e D. Isabel que promoveram e financiaram a sua construção, favorecendo a formação e a instalação das suas comunidades religiosas. Em ambos os casos, pode afirmar-se que, originalmente, houve um envolvimento do casal régio na fundação das casas monásticas, embora hoje seja frequente associar a instituição do cenóbio de Odivelas ao rei D. Dinis e do de Coimbra à rainha D. Isabel. Não obstante, na realidade as fontes arquivísticas, assim como os vestígios materiais revelam a participação e a intervenção de ambos os cônjuges tanto numa como noutra instituição, pelo menos na primeira fase da sua “vida”.
Original languagePortuguese
Title of host publicationCister. Tomo I – Património e Arte
EditorsJosé Albuquerque Carreiras , António Valério Maduro, Rui Rasquilho
Place of PublicationAlcobaça
PublisherAssociação dos Amigos do Mosteiro de Alcobaça
Pages355-369
Number of pages14
ISBN (Print)978-989-54473-8-1
Publication statusPublished - 2019

UN Sustainable Development Goals (SDGs)

  • SDG 4 - Quality Education

Cite this

Rossi Vairo, G. (2019). As Pedras Falam. o Mosteiro de S. Dinis e s. Bernardo de Odivelas e o Mosteiro de Santa Clara e Santa Isabel de Coimbra: arquitetura e espiritualidade. In J. Albuquerque Carreiras , A. Valério Maduro, & R. Rasquilho (Eds.), Cister. Tomo I – Património e Arte (pp. 355-369). Associação dos Amigos do Mosteiro de Alcobaça.