As palavras do opositor político: O ‘discurso representado’ como expressão da opinião

Research output: Contribution to journalConference articlepeer-review

Abstract

Este trabalho tem como objetivo analisar como o locutor político recorre à citação de palavras do opositor para transmitir a própria ideologia. Para tal, o locutor manifesta a sua subjetividade através de vários recursos linguísticos. O nosso quadro teórico apoia-se em conceitos enunciativos como “discurso representado” (Rabatel, 2003) e “Ponto De Vista” (Rabatel, 1998). Os aspectos ideológicos são abordados de acordo com a proposta sociolinguística de Thompson (1990) sobre os modos de operação da ideologia. A metodologia centra-se na análise linguística de excertos retirados de três discursos políticos proferidos na ONU. Assim, o objetivo do estudo é caracterizar a inscrição linguística da subjetividade presente na amostra. Com base nos resultados, demonstramos como a citação permite ao locutor introduzir dois pontos de vista contraditórios, assumindo um certo grau de responsabilidade perante as palavras convocadas através de “verbos de processo mental” (Rabatel, 2003), que veiculam opiniões e emoções.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)106-123
Number of pages18
JournalLinha d’Água
Volume36
Issue number2
DOIs
Publication statusPublished - 2023
EventGRATO 21 – 7.ª Conferência Internacional em Gramática e Texto - Universidade Nova de Lisboa
Duration: 18 Nov 202120 Nov 2021
https://clunl.fcsh.unl.pt/eventos-cientificos/grato/grato-2021/

Keywords

  • Sociolinguística
  • Subjetividade
  • Ponto de Vista
  • Ideologia
  • Manipulação

Cite this