As operetas de Augusto Machado (1845-1924) na viragem para o século XX: Uma perspectiva e análise das tipologias e dos modelos musicais e dramáticos

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

15 Downloads (Pure)

Abstract

O período compreendido entre a última década do século XIX e a primeira do século XX corresponde a uma fase bastante produtiva da carreira do compositor Augusto Machado (1845-1924). Abrangendo na produção deste período a estreia de algumas das suas óperas, destacou-se também devido ao sucesso das suas operetas estreadas nos teatros secundários de Lisboa, como o Teatro Trindade, o Teatro Avenida e o Teatro D. Amélia. O estudo das operetas de Augusto Machado deste período e a recepção por parte do público revelam uma fase de consolidação da sua carreira como compositor, mas também essa apropriação de um repertório importado e adaptado aos palcos portugueses. Confrontar esses aspectos musicais e dramatúrgicos permitirá delinear uma perspectiva sobre o processo de apropriação, transformação dos repertórios, assim como, discuti-los do ponto de vista da recepção por parte do público dos teatros lisboetas.
Original languagePortuguese
Title of host publicationActas del III Encuentro Iberoamericano de Jóvenes Musicólogos, Sevilla
EditorsRosana Marreco Brescia, Marco Brescia
Place of PublicationLisboa
PublisherTagus Atlanticus Associação Cultural
Pages441-452
Number of pages11
ISBN (Electronic)978-989-99769
Publication statusPublished - 2016
EventIII Encontro Ibero-Americano de Jovens Musicólogos - Sevilha, Spain
Duration: 10 Mar 201611 Mar 2016

Conference

ConferenceIII Encontro Ibero-Americano de Jovens Musicólogos
CountrySpain
CitySevilha
Period10/03/1611/03/16

Keywords

  • Opereta
  • Lisboa
  • Augusto Machado
  • tipologias musico-dramáticas

Cite this