As editoras portuguesas e o seu património em debate. 2.º dossiê

Research output: Contribution to journalComment/debate

14 Downloads (Pure)

Abstract

This special section represents the continuing of a project focused on cultural heritage of the agents involved in book production, circulation, and reception. Starting from the his­tory and the archives of publishing houses, collectors, bibliophiles and / or broadcasters, both the analytical introduction and the three contributions invoke the memory of these specialized agents, and discuss the threats that hang over this rich cultural heritage and offer possible solutions. Best practices from various countries impose an urgent reflection for the Portuguese context: that of concrete inter-institutional cooperation ways to ensure the filing, treatment and dissemination of a central dimension of the collective heritage and memory. The relevance of this issue is to be inextricably linked to sustainable recognition of the publishers collections’ heritage and historical status (and of other agents connected to the book) as living spaces for the construction of print culture and the history of books and publishing. The statements referred to are from Carlos da Veiga Ferreira, Fernando Paulouro Neves and Francisco Pedro Lyon de Castro.

Este dossiê representa a continuidade de um projecto centrado no património dos agentes ligados à produção, circulação e recepção do livro. A partir da história e dos espólios de empresas editoriais e de coleccionadores, bibliófilos e/ou divulgadores, a introdução problematizante e os depoimentos convocam a memória dos agentes e debatem as ameaças que pendem sobre essa herança cultural riquíssima e possíveis soluções. As boas práticas de vários países impõem uma reflexão inadiável para o contexto português: que vias de cooperação inter-institucional concretas para garantir o depósito, tratamento e comunica­ção duma dimensão fulcral do património e da memória colectiva. A relevância desta ques­tão deve-se a estar inextricavelmente ligada a um reconhecimento sustentável do estatuto patrimonial e histórico dos acervos dos editores e doutros agentes ligados à edição e ao livro enquanto espaços vitais para a construção da cultura impressa e para a história do livro e da edição. Os depoimentos referidos são de Carlos da Veiga Ferreira, Fernando Paulouro Neves e Francisco Pedro Lyon de Castro.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)321-345
Number of pages24
JournalCultura. Revista de história e teoria das ideias
Volume31
DOIs
Publication statusPublished - 2013

Keywords

  • Publishers
  • Cultural heritage
  • Hstorical archives
  • History of the book and publishing,
  • Archival policy
  • Cultural policy
  • Inter-institutional cooperation
  • Collective mem­ory
  • Sociocultural mediation
  • Editores
  • Património cultural
  • Arquivos históricos
  • História do livro e da edição
  • Política arquivística
  • Cooperação inter-institucional
  • Memória colectiva
  • Mediação sociocultural

Cite this