As bases do jornalismo intercultural em ambiente digital

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapterpeer-review

5 Downloads (Pure)

Abstract

EM 2013 O MODELO CURRICULAR para o ensino do jornalismo proposto pela UNESCO (2013) respondia aos vários desafios impostos por um novo ecossistema mediático e um jornalismo com múltiplas reconfigurações associadas intrinsecamente ao ambiente digital. Urgiam literacias especializadas, indispensáveis quer nas redacções quer nas salas de aula, face às questões emergentes da sociedade contemporânea. Um dos dez syllabi propostos pelo modelo curricular era dedicado precisamente ao jornalismo intercultural, ao lado de outras temáticas especializadas e relevantes, como jornalismo de base de dados, sustentabilidade dos média ou jornalismo sobre ciência. Quase quatro anos depois, essa necessidade é ainda mais premente, tendo em consideração não só acontecimentos político-sociais globais, como, por exemplo, a crise migratória na Europa ou os atentados do Daesh, mas também a própria sociedade convergente e em rede, que nos põe continuamente em contacto com distintos discursos culturais.
Original languagePortuguese
Title of host publicationJanus 2017 – Anuário de Relações Exteriores
EditorsLuís Moita, Madalena Romão Mira
Place of PublicationLisboa
PublisherObservatório de Relações Exteriores (OBSERVARE)
Pages112-114
Number of pages3
ISBN (Print)9789898191724
Publication statusPublished - Dec 2016

Keywords

  • Interculturality
  • Digital journalism
  • Intercultural journalism

Cite this