Argumentação na educação em Ciências: algumas questões metodológicas para o debate

Translated title of the contribution: Argumentation in Science Education: debating some methodological issues

Marina Martins, Fabrizio Macagno

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

2 Downloads (Pure)

Abstract

Neste ensaio, discutimos alguns aspectos metodológicos sobre a argumentação na Educação em Ciências, especificamente: o emprego dos conceitos argumentação como produto e como processo por alguns pesquisadores; a ênfase dada à argumentação como produto nas pesquisas; e o uso de determinados instrumentos de coleta de dados para analisar e avaliar a argumentação de alunos e professores. A partir disso, apresentamos e avaliamos dois referenciais fundamentados na teoria do diálogo que possuem potencial para analisar a argumentação como processo de professores e alunos de Ciências. Os resultados indicam i) que os conceitos argumentação como produto e como processo estão sendo empregados inadequadamente por alguns pesquisadores de nosso campo, ii) que a existência de algumas controvérsias envolvendo a argumentação pode estar relacionada à sua investigação, principalmente, como produto a partir do uso de ferramentas coerentes ou não com esse propósito e/ou ao tipo de instrumento de coleta de dados utilizado, iii) que há necessidade de pesquisas que investiguem o processo argumentativo, e iv) que adaptar referenciais fundamentados na teoria do diálogo pode ser um caminho promissor para analisar o processo argumentativo.

In this essay, we discuss some methodological aspects about argumentation in Science Education, namely: the use of concept argument-as-product and argument-as-process by some researchers; the emphasis has given o argument-as-product on researches; and the use of certain data collection instruments to analyze and evaluate students and teachers’ argumentation. From this, two dialogue theory tools that have potential to analyze students and teachers’ argument-as-process are presented, discussed, and evaluated. The results indicate: i) that some researchers in the area of Education in Scienceshave used inappropriately the concepts of argument-as-product and argument-as-process, ii) that the existence of some controversies involving the argumentation may be related to its investigation, mainly, as a product based on the use of tools coherent ornot with this purpose and/or the type of data collection instrument used, iii) the need for research that investigates the argument-as-process, and iv) the adaptation of dialogue theory tools as a promising way of analyzing the argument-as-process.
Translated title of the contributionArgumentation in Science Education: debating some methodological issues
Original languagePortuguese
Pages (from-to)1-23
Number of pages23
JournalRevista de Ensino de Ciências e Matemática
Volume12
Issue number4
DOIs
Publication statusPublished - 31 Aug 2021

Keywords

  • Argumentação na Educação em Ciências
  • Ferramentas Analíticas
  • Teoria do Diálogo
  • Argumentation in Science Education
  • Analytical Tools
  • Dialogue Theory

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Argumentation in Science Education: debating some methodological issues'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this