Argamassas com comportamento térmico melhorado com materiais sustentáveis

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

As características exigidas aos revestimentos de paredes são cada vez mais severas, não só a nível do comportamento mecânico, mas também ao nível do comportamento térmico com consequências directas deste no consumo de energia do edificado. Numa perspectiva de reabilitação, a solução de utilização de um reboco que procure reduzir as necessidades energéticas do edifício aparenta não ser economicamente vantajosa. No entanto, esta solução revela-se cada vez mais interessante dado o custo crescente da energia para arrefecimento e aquecimento do ambiente interior, que pode fazer com que o investimento inicial seja amortizado mais rapidamente. A aposta em conseguir obter um comportamento melhorado das argamassas passa pela introdução de novos ou menos correntes materiais na sua constituição, em particular os de origem sustentável. A formulação de uma argamassa para reboco com características térmicas, implica não só um conhecimento profundo das suas matérias-primas, mas também uma avaliação às diferentes combinações de componentes, de modo a optimizar propriedades no estado fresco e endurecido. Pretende-se assim dar a conhecer alguns dos resultados de uma vasta campanha experimental sobre rebocos desenvolvidos com material sustentável totalmente made in Portugal, aferindo o seu desempenho in situ.
Original languageUnknown
Title of host publicationCRSEEL
PagesCD
Publication statusPublished - 1 Jan 2012
Event2ª Conferência Construção e Reabilitação Sustentável de Edifícios no Espaço Lusófono -
Duration: 1 Jan 2012 → …

Conference

Conference2ª Conferência Construção e Reabilitação Sustentável de Edifícios no Espaço Lusófono
Period1/01/12 → …

Cite this