Há Afrodescendentes em Portugal?

Translated title of the contribution: Are there African descendants in Portugal?

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Em Portugal os afrodescendentes portugueses devem reportar todas as queixas de discriminação racial à Comissão para Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR), uma organização pública supervisionada pelo Alto-Comissário para a Emigração e Minorias Étnicas (ACIME). Essas disposições evidenciam que, por um lado, os afrodescendentes portugueses são vistos e tratados como imigrantes aos olhos das instituições políticas portuguesas; por outro, a sua percepção como imigrantes depende, em última instância, de um viés racial. Integrado no âmbito, objectivos e projectos da CICDR, esse viés promove o racismo institucional.

Translated title of the contributionAre there African descendants in Portugal?
Original languagePortuguese
Title of host publicationOlhares sobre as Migrações, a Cidadania e os Direitos Humanos
Subtitle of host publicationna história e no século XXI
EditorsTeresa Pizarro Beleza, Cristina Nogueira da Silva, Ana Rita Gil, Emillin Oliveira
PublisherPetrony
Pages147-170
Number of pages23
ISBN (Print)978-972-685-287-2
Publication statusPublished - Aug 2020

Keywords

  • Afrodescendentes
  • Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial
  • Racismo institucional
  • Nacionalidade

Fingerprint Dive into the research topics of 'Are there African descendants in Portugal?'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this