“Aqui fica a creche”: Propriedade do solo; lutas urbanas e comissões de moradores na revolução

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

A revolução portuguesa de 1974-1975 teve um amplo movimento operário e do sector de serviços que se estendem ao trabalho doméstico e de trabalhadores em geral que teve um eco muito importante nos movimentos de luta por acesso a habitações. Este artigo olha para esse processo procurando analisar como as questões o modo de vida – creches, trabalho reprodutivo, casa – ganharam uma dinâmica anti capitalista e contribuíram para uma nova forma de vida das populações.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)34-56
Number of pages22
JournalRevista Trabalho Necessário
Volume13
Issue number22
Publication statusPublished - 2015

Keywords

  • Portugal
  • Revolução Portuguesa
  • comissões de moradores
  • lutas sociais

Cite this