Aprender Fora de Horas: A Jam Session em Manhattan Enquanto Contexto Para a Aprendizagem do Jazz

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

1 Citation (Scopus)

Abstract

Swets ID 30362199 Este trabalho discute os principais estudos realizados em torno da jam session, focando as várias formas esta prática performativa tem sido abordada na literatura sobre jazz. Partindo da pesquisa bibliográfica realizada no Institute of Jazz Studies na Rutgers University (E.U.A.), e de trabalho de terreno levado a cabo entre 2004 e 2005 em clubes de jazz em Manhattan, analiso até que ponto estes estudos reflectem perspectivas pobres e descontextualizadas sobre uma prática performativa crucial no desenvolvimento do processo criativo, aprendizagem e construção de redes profissionais de músicos de jazz. Os escassos estudos existentes sobre a jam session, apesar de contribuírem para o levantamento de algumas questões importantes, são insuficientes para um profundo conhecimento desta prática nas suas vertentes musical, social e cultural, nomeadamente em termos do seu funcionamento e papel no âmbito do jazz. O discurso dos músicos é negligenciado na grande maioria dos trabalhos realizados.
Original languageUnknown
Title of host publicationActa Musicologica
EditorsPhilip Bohlman E Federico Celestini
Place of PublicationLeipzing
PublisherRitsumeikan
Pages113-134
Volume83
ISBN (Print)0001-6241
Publication statusPublished - 1 Jan 2011

Publication series

NameInternational Musicological Society
PublisherRitsumeikan
Number83
ISSN (Print)0001-6241

Cite this