Anamorfismos para a espacialização das redes sociais

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

De acordo com as metodologias clássicas, a ARS apresenta uma sequência de etapas visando a identificação de tipologias de atores e interações. Um dos principais instrumentos para o estudo do padrão das dependências sociais é a disposição visual das redes para a análise de formas de distribuição dos atores ou grupos de atores. Neste artigo apresentam-se metodologias que têm por objetivo primordial criar novas formas de representação das redes sociais recorrendo aos SIG, ampliando-se assim as suas potencialidades originais e criando se novas áreas de aplicação. Recorrendo à sua dimensão espacial criam-se novas imagens das redes, sobretudo recorrendo a anamorfismos, com o objetivo implícito de enfatizar as características fundamentais da sua estrutura
Original languageUnknown
Title of host publication‘A JANGADA DE PEDRA’ – Geografias Ibero-Afro-Americanas. Atas do Colóquio Ibérico de Geografia
EditorsAntónio Vieira E Rui Pedro Julião
Place of PublicationGuimarães
PublisherAssociação Portuguesa de Geógrafos e Departamento de Geografia da Universidade do Minho
Pages461-466
ISBN (Print)978-972-99436-8-3 / 978-989-97394-6-8
Publication statusPublished - 1 Jan 2014

Cite this