Abrigo da Buraca da Moira

contributos para o conhecimento da ocupação humana do Neolítico final/Calcolítico na região de Leiria, Portugal

Telmo Pereira, Sandra Assis, Patrícia Monteiro, Eduardo Paixão, Sofia Bárbara, David Nora, Vânia Carvalho, Trenton Holliday

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

A localização geográfica e o enquadramento ambiental ímpares
da região de Leiria terão, desde tempos imemoriais, contribuído
para a fixação de grupos humanos. De facto, várias são as evidências
arqueológicas que atestam a presença humana na região desde
o Paleolítico Inferior. Contudo, e para o Neolítico Final e Calcolítico, poucos |
são os dados disponíveis para a bacia hidrográfica do Rio Lis. A presente
comunicação visa apresentar dados referentes à intervenção arqueológica
realizada entre os anos de 2015 e 2017, no complexo cársico do
Abrigo da Buraca da Moira, localizado no vale dos Murtórios (Boa Vista,
Leiria). A escavação arqueológica decorreu no âmbito do projeto de
investigação EcoPLis – Ocupação Humana Plistocénica nos Ecótonos
do Rio Lis, e permitiu identificar numerosos vestígios esqueléticos humanos
desarticulados, designadamente dentes, fragmentos de maxila
e mandíbula, e ossos das extremidades (p.e. falanges), perfazendo, até
ao momento, um total de 990 fragmentos ósseos e/ou peças dentárias,
pertencentes a cerca de oito indivíduos, adultos e não-adultos. A recuperação
de artefactos em quartzo e sílex, de uma placa de xisto, e de
adornos em osso e concha associados a estes vestígios esqueléticos
humanos sugerem uma ocupação do Holocénico Médio. Pretende-se,
com esta comunicação, apresentar os dados preliminares referentes ao
estudo do espólio osteológico humano e do acervo material recolhido,
assim como discutir a funcionalidade e significado da cavidade cársica,
que parece apontar para um espaço funerário, consentâneo com outros
contextos funerários do Neolítico/Calcolítico da Península Ibérica.
Original languagePortuguese
Title of host publicationDe Gibraltar aos Pirenéus
Subtitle of host publicationMegalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular
EditorsJoão Carlos Senna-Martinez, Mariana Diniz, António Faustino de Carvalho
Place of PublicationNelas
PublisherFundação Lapa do Lobo
Pages247-262
Number of pages15
ISBN (Print)978-989-98163-5-0
Publication statusPublished - 23 Dec 2018
EventDe Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular - Nelas, Nelas, Portugal
Duration: 2 Nov 20184 Nov 2018

Conference

ConferenceDe Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular
CountryPortugal
CityNelas
Period2/11/184/11/18

Cite this

Pereira, T., Assis, S., Monteiro, P., Paixão, E., Bárbara, S., Nora, D., ... Holliday, T. (2018). Abrigo da Buraca da Moira: contributos para o conhecimento da ocupação humana do Neolítico final/Calcolítico na região de Leiria, Portugal. In J. C. Senna-Martinez, M. Diniz, & A. Faustino de Carvalho (Eds.), De Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular (pp. 247-262). Nelas: Fundação Lapa do Lobo.
Pereira, Telmo ; Assis, Sandra ; Monteiro, Patrícia ; Paixão, Eduardo ; Bárbara, Sofia ; Nora, David ; Carvalho, Vânia ; Holliday, Trenton. / Abrigo da Buraca da Moira : contributos para o conhecimento da ocupação humana do Neolítico final/Calcolítico na região de Leiria, Portugal. De Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular. editor / João Carlos Senna-Martinez ; Mariana Diniz ; António Faustino de Carvalho. Nelas : Fundação Lapa do Lobo, 2018. pp. 247-262
@inproceedings{e5a7616ad64e455cb48d84ecf6340470,
title = "Abrigo da Buraca da Moira: contributos para o conhecimento da ocupa{\cc}{\~a}o humana do Neol{\'i}tico final/Calcol{\'i}tico na regi{\~a}o de Leiria, Portugal",
abstract = "A localiza{\cc}{\~a}o geogr{\'a}fica e o enquadramento ambiental {\'i}mparesda regi{\~a}o de Leiria ter{\~a}o, desde tempos imemoriais, contribu{\'i}dopara a fixa{\cc}{\~a}o de grupos humanos. De facto, v{\'a}rias s{\~a}o as evid{\^e}nciasarqueol{\'o}gicas que atestam a presen{\cc}a humana na regi{\~a}o desdeo Paleol{\'i}tico Inferior. Contudo, e para o Neol{\'i}tico Final e Calcol{\'i}tico, poucos |s{\~a}o os dados dispon{\'i}veis para a bacia hidrogr{\'a}fica do Rio Lis. A presentecomunica{\cc}{\~a}o visa apresentar dados referentes {\`a} interven{\cc}{\~a}o arqueol{\'o}gicarealizada entre os anos de 2015 e 2017, no complexo c{\'a}rsico doAbrigo da Buraca da Moira, localizado no vale dos Murt{\'o}rios (Boa Vista,Leiria). A escava{\cc}{\~a}o arqueol{\'o}gica decorreu no {\^a}mbito do projeto deinvestiga{\cc}{\~a}o EcoPLis – Ocupa{\cc}{\~a}o Humana Plistoc{\'e}nica nos Ec{\'o}tonosdo Rio Lis, e permitiu identificar numerosos vest{\'i}gios esquel{\'e}ticos humanosdesarticulados, designadamente dentes, fragmentos de maxilae mand{\'i}bula, e ossos das extremidades (p.e. falanges), perfazendo, at{\'e}ao momento, um total de 990 fragmentos {\'o}sseos e/ou pe{\cc}as dent{\'a}rias,pertencentes a cerca de oito indiv{\'i}duos, adultos e n{\~a}o-adultos. A recupera{\cc}{\~a}ode artefactos em quartzo e s{\'i}lex, de uma placa de xisto, e deadornos em osso e concha associados a estes vest{\'i}gios esquel{\'e}ticoshumanos sugerem uma ocupa{\cc}{\~a}o do Holoc{\'e}nico M{\'e}dio. Pretende-se,com esta comunica{\cc}{\~a}o, apresentar os dados preliminares referentes aoestudo do esp{\'o}lio osteol{\'o}gico humano e do acervo material recolhido,assim como discutir a funcionalidade e significado da cavidade c{\'a}rsica,que parece apontar para um espa{\cc}o funer{\'a}rio, consent{\^a}neo com outroscontextos funer{\'a}rios do Neol{\'i}tico/Calcol{\'i}tico da Pen{\'i}nsula Ib{\'e}rica.",
author = "Telmo Pereira and Sandra Assis and Patr{\'i}cia Monteiro and Eduardo Paix{\~a}o and Sofia B{\'a}rbara and David Nora and V{\^a}nia Carvalho and Trenton Holliday",
note = "info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147310/PT# UID/ANT/04038/2013",
year = "2018",
month = "12",
day = "23",
language = "Portuguese",
isbn = "978-989-98163-5-0",
pages = "247--262",
editor = "{ Senna-Martinez}, {Jo{\~a}o Carlos } and Diniz, {Mariana } and {Faustino de Carvalho}, {Ant{\'o}nio }",
booktitle = "De Gibraltar aos Piren{\'e}us",
publisher = "Funda{\cc}{\~a}o Lapa do Lobo",

}

Pereira, T, Assis, S, Monteiro, P, Paixão, E, Bárbara, S, Nora, D, Carvalho, V & Holliday, T 2018, Abrigo da Buraca da Moira: contributos para o conhecimento da ocupação humana do Neolítico final/Calcolítico na região de Leiria, Portugal. in JC Senna-Martinez, M Diniz & A Faustino de Carvalho (eds), De Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular. Fundação Lapa do Lobo, Nelas, pp. 247-262, De Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular, Nelas, Portugal, 2/11/18.

Abrigo da Buraca da Moira : contributos para o conhecimento da ocupação humana do Neolítico final/Calcolítico na região de Leiria, Portugal. / Pereira, Telmo; Assis, Sandra; Monteiro, Patrícia; Paixão, Eduardo; Bárbara, Sofia; Nora, David; Carvalho, Vânia; Holliday, Trenton.

De Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular. ed. / João Carlos Senna-Martinez; Mariana Diniz; António Faustino de Carvalho. Nelas : Fundação Lapa do Lobo, 2018. p. 247-262.

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

TY - GEN

T1 - Abrigo da Buraca da Moira

T2 - contributos para o conhecimento da ocupação humana do Neolítico final/Calcolítico na região de Leiria, Portugal

AU - Pereira, Telmo

AU - Assis, Sandra

AU - Monteiro, Patrícia

AU - Paixão, Eduardo

AU - Bárbara, Sofia

AU - Nora, David

AU - Carvalho, Vânia

AU - Holliday, Trenton

N1 - info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147310/PT# UID/ANT/04038/2013

PY - 2018/12/23

Y1 - 2018/12/23

N2 - A localização geográfica e o enquadramento ambiental ímparesda região de Leiria terão, desde tempos imemoriais, contribuídopara a fixação de grupos humanos. De facto, várias são as evidênciasarqueológicas que atestam a presença humana na região desdeo Paleolítico Inferior. Contudo, e para o Neolítico Final e Calcolítico, poucos |são os dados disponíveis para a bacia hidrográfica do Rio Lis. A presentecomunicação visa apresentar dados referentes à intervenção arqueológicarealizada entre os anos de 2015 e 2017, no complexo cársico doAbrigo da Buraca da Moira, localizado no vale dos Murtórios (Boa Vista,Leiria). A escavação arqueológica decorreu no âmbito do projeto deinvestigação EcoPLis – Ocupação Humana Plistocénica nos Ecótonosdo Rio Lis, e permitiu identificar numerosos vestígios esqueléticos humanosdesarticulados, designadamente dentes, fragmentos de maxilae mandíbula, e ossos das extremidades (p.e. falanges), perfazendo, atéao momento, um total de 990 fragmentos ósseos e/ou peças dentárias,pertencentes a cerca de oito indivíduos, adultos e não-adultos. A recuperaçãode artefactos em quartzo e sílex, de uma placa de xisto, e deadornos em osso e concha associados a estes vestígios esqueléticoshumanos sugerem uma ocupação do Holocénico Médio. Pretende-se,com esta comunicação, apresentar os dados preliminares referentes aoestudo do espólio osteológico humano e do acervo material recolhido,assim como discutir a funcionalidade e significado da cavidade cársica,que parece apontar para um espaço funerário, consentâneo com outroscontextos funerários do Neolítico/Calcolítico da Península Ibérica.

AB - A localização geográfica e o enquadramento ambiental ímparesda região de Leiria terão, desde tempos imemoriais, contribuídopara a fixação de grupos humanos. De facto, várias são as evidênciasarqueológicas que atestam a presença humana na região desdeo Paleolítico Inferior. Contudo, e para o Neolítico Final e Calcolítico, poucos |são os dados disponíveis para a bacia hidrográfica do Rio Lis. A presentecomunicação visa apresentar dados referentes à intervenção arqueológicarealizada entre os anos de 2015 e 2017, no complexo cársico doAbrigo da Buraca da Moira, localizado no vale dos Murtórios (Boa Vista,Leiria). A escavação arqueológica decorreu no âmbito do projeto deinvestigação EcoPLis – Ocupação Humana Plistocénica nos Ecótonosdo Rio Lis, e permitiu identificar numerosos vestígios esqueléticos humanosdesarticulados, designadamente dentes, fragmentos de maxilae mandíbula, e ossos das extremidades (p.e. falanges), perfazendo, atéao momento, um total de 990 fragmentos ósseos e/ou peças dentárias,pertencentes a cerca de oito indivíduos, adultos e não-adultos. A recuperaçãode artefactos em quartzo e sílex, de uma placa de xisto, e deadornos em osso e concha associados a estes vestígios esqueléticoshumanos sugerem uma ocupação do Holocénico Médio. Pretende-se,com esta comunicação, apresentar os dados preliminares referentes aoestudo do espólio osteológico humano e do acervo material recolhido,assim como discutir a funcionalidade e significado da cavidade cársica,que parece apontar para um espaço funerário, consentâneo com outroscontextos funerários do Neolítico/Calcolítico da Península Ibérica.

M3 - Conference contribution

SN - 978-989-98163-5-0

SP - 247

EP - 262

BT - De Gibraltar aos Pirenéus

A2 - Senna-Martinez, João Carlos

A2 - Diniz, Mariana

A2 - Faustino de Carvalho, António

PB - Fundação Lapa do Lobo

CY - Nelas

ER -

Pereira T, Assis S, Monteiro P, Paixão E, Bárbara S, Nora D et al. Abrigo da Buraca da Moira: contributos para o conhecimento da ocupação humana do Neolítico final/Calcolítico na região de Leiria, Portugal. In Senna-Martinez JC, Diniz M, Faustino de Carvalho A, editors, De Gibraltar aos Pirenéus: Megalitismo, Vida e Morte na Fachada Atlântica Peninsular. Nelas: Fundação Lapa do Lobo. 2018. p. 247-262