A utilização de Free Software na elaboração e disponibilização on-line de uma Carta de Desporto de Natureza

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

A Carta de Desporto de Natureza é um instrumento que permite compatibilizar as atividades de animação ambiental e de desporto de natureza, tendo como principal objetivo regulamentá-las no sentido da promoção de um desenvolvimento sustentável. É assim um elemento fundamental para a gestão das áreas protegidas, cuja preparação carece da integração de vários conteúdos e cuja disponibilização deve ser ampla.
O presente artigo resume o processo de criação e disponibilização on-line da Carta de Desporto de Natureza para a Reserva Natural do Estuário do Tejo, incluindo o estabelecimento de normas cartográficas, a implementar a nível nacional, numa dinâmica de uniformização de simbologia e atributos a decorrer no Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, I.P. O processo foi executado com plataformas Free Software, seguindo as tendências nacionais (iGEO) e internacionais (INSPIRE) de reduzir custos e tornar mais acessíveis os dados geográficos.
Original languagePortuguese
Title of host publicationValores da Geografia. Atas do X Congresso da Geografia Portuguesa
EditorsMaria José Roxo, Rui Pedro Julião, Margarida Pereira, Daniel Gil
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação Portuguesa de Geografos
Pages213-218
ISBN (Print)978-989-99244-1-3
Publication statusPublished - 2015
EventX CONGRESSO DA GEOGRAFIA PORTUGUESA: Os Valores da Geografia - FCSH/NOVA, Lisboa, Portugal
Duration: 9 Sep 201512 Sep 2015

Conference

ConferenceX CONGRESSO DA GEOGRAFIA PORTUGUESA
CountryPortugal
CityLisboa
Period9/09/1512/09/15

Cite this

Julião, R. P. S. P. M., Pimenta, T., & Anacleto, A. (2015). A utilização de Free Software na elaboração e disponibilização on-line de uma Carta de Desporto de Natureza. In M. J. Roxo, R. P. Julião, M. Pereira, & D. Gil (Eds.), Valores da Geografia. Atas do X Congresso da Geografia Portuguesa (pp. 213-218). Lisboa: Associação Portuguesa de Geografos.