A Síria em Pedaços

Research output: Book/ReportBook

Abstract

Quatro anos ininterruptos de guerra civil e mais de 150 mil mortos depois, a Guerra Síria tornou-se a maior tragédia do século XXI. Chamar-lhe crise é insultuoso — crise é o que vive Portugal. A Síria vive uma calamidade humana, e o pior é que não tem fim à vista.
O território está minado por terroristas de todo o mundo — cinco mil dos quais são europeus —, o que faz da Síria a maior plataforma jihadista da actualidade. No tabuleiro sírio, cruzam-se todas as grandes peças do xadrez internacional e, enquanto a guerra evolui, cada uma delas define o raio de acção, as linhas vermelhas e os mínimos de entendimento, num autêntico circo de feras.
Tendo a Síria como centro de gravidade, este livro acompanha as intensas convulsões dos últimos anos no Norte de África e no Médio Oriente: as motivações da «Primavera Árabe», a ascensão e o equilíbrio entre as potências sunitas e xiitas, os posicionamentos das grandes potências externas, o papel das organizações internacionais, o roteiro dos grupos islamitas radicais, e o foco de jihadismo na Europa, que o ataque ao «Charlie Hebdo» aproximou do caos sírio.
Original languagePortuguese
Place of PublicationLisboa
PublisherTinta da China
Number of pages264
ISBN (Print)9789896712525
Publication statusPublished - Feb 2015

Keywords

  • Síria
  • Médio Oriente

Cite this

Pires de Lima, B. (2015). A Síria em Pedaços. Lisboa: Tinta da China.
Pires de Lima, Bernardo. / A Síria em Pedaços. Lisboa : Tinta da China, 2015. 264 p.
@book{2229697de8174be08603dbfab25d582f,
title = "A S{\'i}ria em Peda{\cc}os",
abstract = "Quatro anos ininterruptos de guerra civil e mais de 150 mil mortos depois, a Guerra S{\'i}ria tornou-se a maior trag{\'e}dia do s{\'e}culo XXI. Chamar-lhe crise {\'e} insultuoso — crise {\'e} o que vive Portugal. A S{\'i}ria vive uma calamidade humana, e o pior {\'e} que n{\~a}o tem fim {\`a} vista.O territ{\'o}rio est{\'a} minado por terroristas de todo o mundo — cinco mil dos quais s{\~a}o europeus —, o que faz da S{\'i}ria a maior plataforma jihadista da actualidade. No tabuleiro s{\'i}rio, cruzam-se todas as grandes pe{\cc}as do xadrez internacional e, enquanto a guerra evolui, cada uma delas define o raio de ac{\cc}{\~a}o, as linhas vermelhas e os m{\'i}nimos de entendimento, num aut{\^e}ntico circo de feras.Tendo a S{\'i}ria como centro de gravidade, este livro acompanha as intensas convuls{\~o}es dos {\'u}ltimos anos no Norte de {\'A}frica e no M{\'e}dio Oriente: as motiva{\cc}{\~o}es da «Primavera {\'A}rabe», a ascens{\~a}o e o equil{\'i}brio entre as pot{\^e}ncias sunitas e xiitas, os posicionamentos das grandes pot{\^e}ncias externas, o papel das organiza{\cc}{\~o}es internacionais, o roteiro dos grupos islamitas radicais, e o foco de jihadismo na Europa, que o ataque ao «Charlie Hebdo» aproximou do caos s{\'i}rio.",
keywords = "S{\'i}ria, M{\'e}dio Oriente",
author = "{Pires de Lima}, Bernardo",
year = "2015",
month = "2",
language = "Portuguese",
isbn = "9789896712525",
publisher = "Tinta da China",

}

Pires de Lima, B 2015, A Síria em Pedaços. Tinta da China, Lisboa.

A Síria em Pedaços. / Pires de Lima, Bernardo.

Lisboa : Tinta da China, 2015. 264 p.

Research output: Book/ReportBook

TY - BOOK

T1 - A Síria em Pedaços

AU - Pires de Lima, Bernardo

PY - 2015/2

Y1 - 2015/2

N2 - Quatro anos ininterruptos de guerra civil e mais de 150 mil mortos depois, a Guerra Síria tornou-se a maior tragédia do século XXI. Chamar-lhe crise é insultuoso — crise é o que vive Portugal. A Síria vive uma calamidade humana, e o pior é que não tem fim à vista.O território está minado por terroristas de todo o mundo — cinco mil dos quais são europeus —, o que faz da Síria a maior plataforma jihadista da actualidade. No tabuleiro sírio, cruzam-se todas as grandes peças do xadrez internacional e, enquanto a guerra evolui, cada uma delas define o raio de acção, as linhas vermelhas e os mínimos de entendimento, num autêntico circo de feras.Tendo a Síria como centro de gravidade, este livro acompanha as intensas convulsões dos últimos anos no Norte de África e no Médio Oriente: as motivações da «Primavera Árabe», a ascensão e o equilíbrio entre as potências sunitas e xiitas, os posicionamentos das grandes potências externas, o papel das organizações internacionais, o roteiro dos grupos islamitas radicais, e o foco de jihadismo na Europa, que o ataque ao «Charlie Hebdo» aproximou do caos sírio.

AB - Quatro anos ininterruptos de guerra civil e mais de 150 mil mortos depois, a Guerra Síria tornou-se a maior tragédia do século XXI. Chamar-lhe crise é insultuoso — crise é o que vive Portugal. A Síria vive uma calamidade humana, e o pior é que não tem fim à vista.O território está minado por terroristas de todo o mundo — cinco mil dos quais são europeus —, o que faz da Síria a maior plataforma jihadista da actualidade. No tabuleiro sírio, cruzam-se todas as grandes peças do xadrez internacional e, enquanto a guerra evolui, cada uma delas define o raio de acção, as linhas vermelhas e os mínimos de entendimento, num autêntico circo de feras.Tendo a Síria como centro de gravidade, este livro acompanha as intensas convulsões dos últimos anos no Norte de África e no Médio Oriente: as motivações da «Primavera Árabe», a ascensão e o equilíbrio entre as potências sunitas e xiitas, os posicionamentos das grandes potências externas, o papel das organizações internacionais, o roteiro dos grupos islamitas radicais, e o foco de jihadismo na Europa, que o ataque ao «Charlie Hebdo» aproximou do caos sírio.

KW - Síria

KW - Médio Oriente

M3 - Book

SN - 9789896712525

BT - A Síria em Pedaços

PB - Tinta da China

CY - Lisboa

ER -

Pires de Lima B. A Síria em Pedaços. Lisboa: Tinta da China, 2015. 264 p.