A Revolta Ordeira: o Populismo Visto a Partir da Tradição de Comunicação Política Presente no Primeiro Liberalismo

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

5 Downloads (Pure)

Abstract

Partindo da identificação nos discursos do primeiro liberalismo de um modelo de comunicação política assente na denúncia de uma subversão de uma imaginada ordem tradicional ou natural que deveria consequentemente ser reposta, procura-se a articulação entre esta “revolta ordeira” e os processos de socialização. Propõe-se a consideração de dois modos de representação de uma mudança
social: a que passa pela eliminação dos considerados malévolos, parasitários e excedentários e a que passa pela modificação estrutural das relações sociais.

Discourses about change in the first liberalism are an example of a model of political communication based on the denunciation of a subversion of an imagined traditional or natural order that should consequently be restored. The articulation between this “revolt for order” and the processes of socialization is sought. Two ways of representing a social change are put in consideration: one that involves the elimination of those considered malevolent, parasitic and surplus, and one that involves the structural modification of social relations.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)13-31
Number of pages29
JournalTAE - Trabalhos de Antropologia e Etnologia
Volume61
Publication statusPublished - 2021

Keywords

  • Socialização
  • Mudança social
  • Liberalismo
  • Liberalism
  • Socialization
  • Social change

Cite this