A representação do ultramar nos armoriais portugueses (séculos XVI-XVIII)

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

4 Downloads (Pure)

Abstract

O presente texto pretende avaliar o impacto dos elementos ultramarinos na heráldica portuguesa dos séculos XVI e XVII por via do estudo da sua presença nos armoriais – códices ou impressos em que se registam colectâneas de armas – produzidos nessa cronologia. Para esse efeito, procurar-se-á em primeiro lugar definir o objecto de estudo de um ponto de vista heurístico, indagando sobre a natureza dos armoriais e sobre a sua inserção na cultura política da época. Em seguida, tratar-se-á de caracterizar os armoriais produzidos nesse mesmo âmbito, a fim de enumerar e analisar as armas neles consignadas que evidenciem motivos ultramarinos. Por fim, averiguar--se-á a presença de heráldica atribuída aos próprios territórios ultramarinos por este género de obras.
Original languagePortuguese
Title of host publicationSalvador da Bahia
Subtitle of host publicationinterações entre América e África (séculos XVI-XIX)
EditorsJoão de Figueirôa-Rêgo, Giuseppina Raggi, Roberta Stumpf
Place of PublicationSalvador da Bahia
PublisherEditora da Universidade Federal da Bahia; CHAM
Pages251-284
Number of pages34
ISBN (Print)978-85-232-1630-6, 978-989-8492-53-1
Publication statusPublished - 2017

Publication series

NameColeção Atlântica
PublisherEDUFBA / CHAM
Volume2

Keywords

  • heráldica portuguesa
  • séculos 16 e 17
  • armoriais
  • motivos ultramarinos
  • representação do poder
  • sociedade colonial

Cite this

Seixas, M. M. D. (2017). A representação do ultramar nos armoriais portugueses (séculos XVI-XVIII). In J. D. Figueirôa-Rêgo, G. Raggi, & R. Stumpf (Eds.), Salvador da Bahia: interações entre América e África (séculos XVI-XIX) (pp. 251-284). (Coleção Atlântica; Vol. 2). Editora da Universidade Federal da Bahia; CHAM.