A presença chinesa na agricultura africana à luz das discussões sobre segurança alimentar

Research output: Contribution to conferenceAbstract

Abstract

O objetivo deste trabalho de investigação é analisar a presença chinesa no continente africano a partir do início do século XXI à luz das discussões sobre os impactos para a segurança alimentar na China e na África. Para tanto, busca-se
compreender a dimensão real do fenómeno dos projetos de investimento – nomeadamente compra e aluguer de terras para a agricultura no continente africano – em que a origem do capital estrangeiro é maioritariamente chinesa e, a partir de então, correlacionar com as implicações para a segurança e governança alimentar do país asiático assim como para os países africanos em geral. O método do trabalho centra-se essencialmente na revisão de literatura. Os principais resultados indicam que não há uma invasão chinesa na África, ainda que o interesse dos chineses pela agricultura em solo africano tenha de facto aumentado. Por outro lado, as ajudas e cooperação técnica aumentaram substancialmente desde o início do século XXI. Partindo da análise da segurança alimentar na China e na África parece haver espaço para parcerias que colaborem com a redução da subnutrição na África a partir da utilização da tecnologia e do know-how chinês. Até o presente momento, pouca evidência existe sobre a ocupação de terras no continente africano para garantir a segurança alimentar na China.
Original languagePortuguese
Publication statusPublished - Oct 2018
EventAlimentação, Saúde e Ambiente - Lisboa, Portugal
Duration: 10 Oct 201812 Oct 2018

Conference

ConferenceAlimentação, Saúde e Ambiente
CountryPortugal
CityLisboa
Period10/10/1812/10/18

Cite this