A política na pedra

Research output: Contribution to journalArticle

2 Downloads (Pure)

Abstract

Este artigo analisa um espaço central de Lisboa, partindo da ideia de que a política e as visões do mundo também se inscrevem na pedra, ou seja nos monumentos e na materialidade da cidade. O território entre a Praça do Marquês de Pombal e o Rossio é estudado levando em linha de conta tanto o que foi inscrito, como as manifestações que questionam e subvertem os sentidos do que foi inscrito, de modo a pensar o lugar como território de combate pela memória e pela história.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)293-302
Number of pages10
JournalTAE - Trabalhos de Antropologia e Etnologia
Volume60
Publication statusPublished - 2020

Keywords

  • Espaço
  • Cidade
  • Política

Cite this