"A pintura já não se vende, a pintura está salva!" O mercado da arte em afirmação na segunda metade da década de 1960

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Original languagePortuguese
Title of host publicationPós-Pop
Subtitle of host publicationfora do Lugar Comum: desvios da Pop em Portugal e Inglaterra, 1965-1975
EditorsCarla Paulino
Place of PublicationLisboa
PublisherFundação Calouste Gulbenkian
Pages173-174
Number of pages1
ISBN (Print)978-989-8758-49-1
Publication statusPublished - 2018

Cite this

Duarte, A. (2018). "A pintura já não se vende, a pintura está salva!" O mercado da arte em afirmação na segunda metade da década de 1960. In C. Paulino (Ed.), Pós-Pop: fora do Lugar Comum: desvios da Pop em Portugal e Inglaterra, 1965-1975 (pp. 173-174). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.