A multiculturalidade nos relatórios da prática de ensino supervisionada na formação inicial de professores

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

Os problemas relacionados com as questões da multiculturalidade têm sido objeto de temáticas abordadas por estudantes universitários da formação inicial de professores da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, aquando da sua prática de ensino supervisionada
nas escolas, durante o segundo ano do respetivo mestrado de ensino. A escolha desta temática poderá dever-se ao facto de, no primeiro ano dos mestrados de ensino, os estudantes frequentarem a unidade curricular de Educação, Currículo e Multiculturalismo, por nós lecionada e, de algum modo, se mostrarem mais sensibilizados para os problemas colocados pela diversidade cultural dos
alunos nas escolas. Nesta comunicação propomo-nos apresentar alguns destes relatórios, elaborados sob a nossa orientação científica e por nós escolhidos por apresentarem abordagens diferentes sobre a temática, e refletir sobre as estratégias utilizadas, as inovações introduzidas e os resultados obtidos junto dos alunos. Consideramos da maior pertinência esta disseminação como forma de sensibilização e de motivação para a abordagem desta temática por outros docentes.
Original languagePortuguese
Title of host publicationA inovação educativa e os desafios para a educação no século XXI
EditorsCristina Pereira , Clotilde Agostinho
Place of PublicationCastelo Branco
PublisherInstituto Politécnico de Castelo Branco
Pages15-25
Number of pages10
ISBN (Print)978-989-8196-61-3
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Multiculturalidade
  • Relatórios da prática de ensino supervisionada
  • Formação inicial de professores

Cite this

Silva, M. D. C. V. D. (2016). A multiculturalidade nos relatórios da prática de ensino supervisionada na formação inicial de professores. In C. Pereira , & C. Agostinho (Eds.), A inovação educativa e os desafios para a educação no século XXI (pp. 15-25). Castelo Branco: Instituto Politécnico de Castelo Branco.