A literatura de viagens e os olhares femininos sobre os Açores setecentistas e oitocentistas

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

A expressão literatura de viagens abrange várias vertentes, que se filiam no género narrativo, próximo da crónica, da autobiografia, do diário, do relato científico, entre outros. Segundo Maria do Céu Fraga, «no fundo, exigimos destas obras apenas que o seu centro seja ocupado por uma viagem, isto é que o seu sentido se construa à volta da deslocação no espaço, quer seja narrada com pormenor, quer constitua apenas um pretexto para divagação do seu autor». Daí que a literatura de viagens não seja apenas um estudo literário, pois tem-se afirmado como uma preciosa fonte documental, não só para os historiadores, como também para a «descoberta do Outro e do nascimento do pensamento etnográfico, para a construção e reconstrução das geografias míticas e reais, do imaginário sociocultural de um dado autor ou de uma dada sociedade ou a génese de algumas utopias». Estas obras, que assumem um importante papel de testemunhas de uma época, resultantes da visão do outro (o visitante, o estrangeiro), tornam-se, pois, fontes importantíssimas para os historiadores, nomeadamente para os que estudam o espaço Atlântico e, em particular, para os estudos insulares. As ilhas levam de imediato a uma visão de viagem pois, nas épocas anteriores ao século XX, só podiam ser alcançadas por mar. O Europeu do século XVIII, o iluminista que pretende conhecer o mundo através da razão e da experiência, lança-se no Atlântico à procura dos segredos da natureza. A ciência é então baseada na experiência e as missões científicas ligam-se de forma direta ao traçado das rotas coloniais. […].
Original languagePortuguese
Title of host publicationMemória e Identidade Insular
Subtitle of host publicationReligiosidade, Festividades e Turismo nos Arquipélagos da Madeira e Açores
EditorsDuarte Chaves
Place of PublicationPonta Delgada; São Jorge
PublisherCHAM, Santa Casa da Misericórdia das Velas
Pages277-290
Number of pages13
ISBN (Print)978-989-20-9631-5
Publication statusPublished - 2019
EventColóquio Internacional "Memória e Identidade Insular: Religiosidade, Festividades e Turismo nos arquipélagos da Madeira e Açores" - Auditório do CEHA, Funchal, Portugal
Duration: 23 Oct 201826 Oct 2018
http://www.cham.fcsh.unl.pt/ac_actividade.aspx?ActId=695

Conference

ConferenceColóquio Internacional "Memória e Identidade Insular: Religiosidade, Festividades e Turismo nos arquipélagos da Madeira e Açores"
CountryPortugal
CityFunchal
Period23/10/1826/10/18
Internet address

Keywords

  • Açores
  • Literatura de Viagem

Cite this

Machado, M. M. (2019). A literatura de viagens e os olhares femininos sobre os Açores setecentistas e oitocentistas. In D. Chaves (Ed.), Memória e Identidade Insular: Religiosidade, Festividades e Turismo nos Arquipélagos da Madeira e Açores (pp. 277-290). Ponta Delgada; São Jorge: CHAM, Santa Casa da Misericórdia das Velas.