A Implosão Anunciada do Partido Republicano: Populismo Americano em Tempo de Incerteza

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

A campanha presidencial de 2016 tem sido analisada como um momento de quase incompreensível paradoxismo, como uma exceção no
ecossistema político americano, ameaçando a coerência interna e a
história do Partido Republicano, a relação entre a sua liderança e as suas
bases e pondo em causa o seu futuro.
Este artigo problematiza esta visão, discutindo as longas raízes do populismo conservador americano, dentro e fora das tradicionais estruturas partidárias e contrastando ao mesmo tempo momentos de semelhante turbulência na relação entre candidatos não controlados pela direção partidária (as duas candidaturas presidenciais de Ronald Reagan), sustentando assim a necessidade de uma análise do assalto de Donald Trump ao Partido Republicano que tenha em conta
ao mesmo tempo fatores de continuidade e de excecionalidade.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)43-51
Number of pages9
JournalR:I / Relações Internacionais
Volume51
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Donald Trump
  • Partido Republicano
  • populismo conservador
  • nativismo
  • realinhamento político

Cite this