A igreja de São Miguel de Fetal

Resultados das escavações e a sua interpretação

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

7 Downloads (Pure)

Abstract

O presente artigo pretende apresentar os trabalhos arqueológicos e antropológicos realizados entre 2013 e 2014 no adro da igreja de São Miguel de Fetal, em Viseu. Aborda-se as opções metodológicas que nortearam o trabalho e apresentam-
se as conclusões dos vários estudos levados a cabo.
O trabalho iniciou-se com a prospeção geofísica dos terrenos envolventes à atual igreja, que orientaram o trabalho de escavação arqueológica. Foi possível identificar a antiga igreja que antecedeu à construção do século XVIII ali existente
e que tem origem na Alta Idade Média. Corresponderá este antigo templo ao que aparece referido nas fontes asturianas como sendo o local onde teria sido inumado Rodrigo, o último rei dos visigodos. A menção ilustra bem a importância dada a este local como meio de legitimação da integração de Viseu na orla
dos interesses dos reis asturianos. Infelizmente, as escavações mostraram a profunda destruição ocorrida ao longo do tempo e em particular a que foi motivada pela construção do atual edifício
em meados do século XVIII. A documentação dessa época permitiu ainda perceber porque se abandona o antigo edifício medieval e como se processou toda a obra, explicando, parcialmente, o estado de conservação das ruínas ali identificadas.

This paper aims to present the result of archaeological and anthropological study of São Miguel de Fetal Church (Viseu). Between 2013 and 2014 we carried out geophysics survey and archaeological excavations in the churchyard. We also present the methodology used, which guide the work. The work began with the geophysical survey of the surrounding area of the church. The results obtained allowed to select areas with more archaeological
potentiality. The excavations carried out allowed to identify the old medieval church, that preceded the modern church that is built there. This ancient temple probably corresponds to the one mentioned in the Asturian Cornices as being the place where Rodrigo, the last king of the Visigoths, was buried. This passage
of the Asturian Cornices illustrates the legitimacy instruments used by the king to legitimize the integration of Viseu in the sphere of Asturian kingdom. Unfortunately, the archaeological record is profoundly disturbed, mostly as a result of the construction of the 18th century church. The written sources
also allowed us to understand why the old medieval building was abandoned, and give us clues about the construction strategies used in the modern church. Simultaneously explained the archaeological record identified.
Original languagePortuguese
Title of host publicationDo Império ao Reino
Subtitle of host publicationViseu e o território (séculos IV a XII)
EditorsCatarina Tente
Place of PublicationViseu
PublisherCâmara Municipal de Viseu
Pages81-100
Number of pages19
ISBN (Print)978-972-8215-55-2
Publication statusPublished - 2018
EventDo Império ao Reino : Viseu e o Território (séculos IV a XII) - Teatro Viriato, Viseu, Portugal
Duration: 12 Apr 201614 Apr 2016
http://iem.fcsh.unl.pt/section.aspx?kind=noticia&id=882

Conference

ConferenceDo Império ao Reino
CountryPortugal
CityViseu
Period12/04/1614/04/16
Internet address

Keywords

  • Necrópole
  • Prospeção geofísica
  • Alta Idade Média
  • Restos Osteológicos
  • Igreja de Época Moderna
  • Necropolis
  • Geophysics survey
  • Early Medieval Period
  • Human osteological remains
  • Modern Church

Cite this

Tente, C., Jimenéz, Ó., Cardoso, F. A., Casimiro, S., & Alves, C. F. P. (2018). A igreja de São Miguel de Fetal: Resultados das escavações e a sua interpretação. In C. Tente (Ed.), Do Império ao Reino: Viseu e o território (séculos IV a XII) (pp. 81-100). Viseu: Câmara Municipal de Viseu.
Tente, Catarina ; Jimenéz, Óscar ; Cardoso, Francisca Alves ; Casimiro, Sílvia ; Alves, Carlos Filipe Pereira. / A igreja de São Miguel de Fetal : Resultados das escavações e a sua interpretação. Do Império ao Reino: Viseu e o território (séculos IV a XII). editor / Catarina Tente. Viseu : Câmara Municipal de Viseu, 2018. pp. 81-100
@inproceedings{ca324d05d2514c9caef7791c23f205a7,
title = "A igreja de S{\~a}o Miguel de Fetal: Resultados das escava{\cc}{\~o}es e a sua interpreta{\cc}{\~a}o",
abstract = "O presente artigo pretende apresentar os trabalhos arqueol{\'o}gicos e antropol{\'o}gicos realizados entre 2013 e 2014 no adro da igreja de S{\~a}o Miguel de Fetal, em Viseu. Aborda-se as op{\cc}{\~o}es metodol{\'o}gicas que nortearam o trabalho e apresentam-se as conclus{\~o}es dos v{\'a}rios estudos levados a cabo.O trabalho iniciou-se com a prospe{\cc}{\~a}o geof{\'i}sica dos terrenos envolventes {\`a} atual igreja, que orientaram o trabalho de escava{\cc}{\~a}o arqueol{\'o}gica. Foi poss{\'i}vel identificar a antiga igreja que antecedeu {\`a} constru{\cc}{\~a}o do s{\'e}culo XVIII ali existentee que tem origem na Alta Idade M{\'e}dia. Corresponder{\'a} este antigo templo ao que aparece referido nas fontes asturianas como sendo o local onde teria sido inumado Rodrigo, o {\'u}ltimo rei dos visigodos. A men{\cc}{\~a}o ilustra bem a import{\^a}ncia dada a este local como meio de legitima{\cc}{\~a}o da integra{\cc}{\~a}o de Viseu na orlados interesses dos reis asturianos. Infelizmente, as escava{\cc}{\~o}es mostraram a profunda destrui{\cc}{\~a}o ocorrida ao longo do tempo e em particular a que foi motivada pela constru{\cc}{\~a}o do atual edif{\'i}cioem meados do s{\'e}culo XVIII. A documenta{\cc}{\~a}o dessa {\'e}poca permitiu ainda perceber porque se abandona o antigo edif{\'i}cio medieval e como se processou toda a obra, explicando, parcialmente, o estado de conserva{\cc}{\~a}o das ru{\'i}nas ali identificadas.This paper aims to present the result of archaeological and anthropological study of S{\~a}o Miguel de Fetal Church (Viseu). Between 2013 and 2014 we carried out geophysics survey and archaeological excavations in the churchyard. We also present the methodology used, which guide the work. The work began with the geophysical survey of the surrounding area of the church. The results obtained allowed to select areas with more archaeologicalpotentiality. The excavations carried out allowed to identify the old medieval church, that preceded the modern church that is built there. This ancient temple probably corresponds to the one mentioned in the Asturian Cornices as being the place where Rodrigo, the last king of the Visigoths, was buried. This passageof the Asturian Cornices illustrates the legitimacy instruments used by the king to legitimize the integration of Viseu in the sphere of Asturian kingdom. Unfortunately, the archaeological record is profoundly disturbed, mostly as a result of the construction of the 18th century church. The written sourcesalso allowed us to understand why the old medieval building was abandoned, and give us clues about the construction strategies used in the modern church. Simultaneously explained the archaeological record identified.",
keywords = "Necr{\'o}pole, Prospe{\cc}{\~a}o geof{\'i}sica, Alta Idade M{\'e}dia, Restos Osteol{\'o}gicos, Igreja de {\'E}poca Moderna, Necropolis, Geophysics survey, Early Medieval Period, Human osteological remains, Modern Church",
author = "Catarina Tente and {\'O}scar Jimen{\'e}z and Cardoso, {Francisca Alves} and S{\'i}lvia Casimiro and Alves, {Carlos Filipe Pereira}",
note = "info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147246/PT# UID/HIS/00749/2013",
year = "2018",
language = "Portuguese",
isbn = "978-972-8215-55-2",
pages = "81--100",
editor = "Catarina Tente",
booktitle = "Do Imp{\'e}rio ao Reino",
publisher = "C{\^a}mara Municipal de Viseu",

}

Tente, C, Jimenéz, Ó, Cardoso, FA, Casimiro, S & Alves, CFP 2018, A igreja de São Miguel de Fetal: Resultados das escavações e a sua interpretação. in C Tente (ed.), Do Império ao Reino: Viseu e o território (séculos IV a XII). Câmara Municipal de Viseu, Viseu, pp. 81-100, Do Império ao Reino , Viseu, Portugal, 12/04/16.

A igreja de São Miguel de Fetal : Resultados das escavações e a sua interpretação. / Tente, Catarina; Jimenéz, Óscar ; Cardoso, Francisca Alves; Casimiro, Sílvia; Alves, Carlos Filipe Pereira.

Do Império ao Reino: Viseu e o território (séculos IV a XII). ed. / Catarina Tente. Viseu : Câmara Municipal de Viseu, 2018. p. 81-100.

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

TY - GEN

T1 - A igreja de São Miguel de Fetal

T2 - Resultados das escavações e a sua interpretação

AU - Tente, Catarina

AU - Jimenéz, Óscar

AU - Cardoso, Francisca Alves

AU - Casimiro, Sílvia

AU - Alves, Carlos Filipe Pereira

N1 - info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147246/PT# UID/HIS/00749/2013

PY - 2018

Y1 - 2018

N2 - O presente artigo pretende apresentar os trabalhos arqueológicos e antropológicos realizados entre 2013 e 2014 no adro da igreja de São Miguel de Fetal, em Viseu. Aborda-se as opções metodológicas que nortearam o trabalho e apresentam-se as conclusões dos vários estudos levados a cabo.O trabalho iniciou-se com a prospeção geofísica dos terrenos envolventes à atual igreja, que orientaram o trabalho de escavação arqueológica. Foi possível identificar a antiga igreja que antecedeu à construção do século XVIII ali existentee que tem origem na Alta Idade Média. Corresponderá este antigo templo ao que aparece referido nas fontes asturianas como sendo o local onde teria sido inumado Rodrigo, o último rei dos visigodos. A menção ilustra bem a importância dada a este local como meio de legitimação da integração de Viseu na orlados interesses dos reis asturianos. Infelizmente, as escavações mostraram a profunda destruição ocorrida ao longo do tempo e em particular a que foi motivada pela construção do atual edifícioem meados do século XVIII. A documentação dessa época permitiu ainda perceber porque se abandona o antigo edifício medieval e como se processou toda a obra, explicando, parcialmente, o estado de conservação das ruínas ali identificadas.This paper aims to present the result of archaeological and anthropological study of São Miguel de Fetal Church (Viseu). Between 2013 and 2014 we carried out geophysics survey and archaeological excavations in the churchyard. We also present the methodology used, which guide the work. The work began with the geophysical survey of the surrounding area of the church. The results obtained allowed to select areas with more archaeologicalpotentiality. The excavations carried out allowed to identify the old medieval church, that preceded the modern church that is built there. This ancient temple probably corresponds to the one mentioned in the Asturian Cornices as being the place where Rodrigo, the last king of the Visigoths, was buried. This passageof the Asturian Cornices illustrates the legitimacy instruments used by the king to legitimize the integration of Viseu in the sphere of Asturian kingdom. Unfortunately, the archaeological record is profoundly disturbed, mostly as a result of the construction of the 18th century church. The written sourcesalso allowed us to understand why the old medieval building was abandoned, and give us clues about the construction strategies used in the modern church. Simultaneously explained the archaeological record identified.

AB - O presente artigo pretende apresentar os trabalhos arqueológicos e antropológicos realizados entre 2013 e 2014 no adro da igreja de São Miguel de Fetal, em Viseu. Aborda-se as opções metodológicas que nortearam o trabalho e apresentam-se as conclusões dos vários estudos levados a cabo.O trabalho iniciou-se com a prospeção geofísica dos terrenos envolventes à atual igreja, que orientaram o trabalho de escavação arqueológica. Foi possível identificar a antiga igreja que antecedeu à construção do século XVIII ali existentee que tem origem na Alta Idade Média. Corresponderá este antigo templo ao que aparece referido nas fontes asturianas como sendo o local onde teria sido inumado Rodrigo, o último rei dos visigodos. A menção ilustra bem a importância dada a este local como meio de legitimação da integração de Viseu na orlados interesses dos reis asturianos. Infelizmente, as escavações mostraram a profunda destruição ocorrida ao longo do tempo e em particular a que foi motivada pela construção do atual edifícioem meados do século XVIII. A documentação dessa época permitiu ainda perceber porque se abandona o antigo edifício medieval e como se processou toda a obra, explicando, parcialmente, o estado de conservação das ruínas ali identificadas.This paper aims to present the result of archaeological and anthropological study of São Miguel de Fetal Church (Viseu). Between 2013 and 2014 we carried out geophysics survey and archaeological excavations in the churchyard. We also present the methodology used, which guide the work. The work began with the geophysical survey of the surrounding area of the church. The results obtained allowed to select areas with more archaeologicalpotentiality. The excavations carried out allowed to identify the old medieval church, that preceded the modern church that is built there. This ancient temple probably corresponds to the one mentioned in the Asturian Cornices as being the place where Rodrigo, the last king of the Visigoths, was buried. This passageof the Asturian Cornices illustrates the legitimacy instruments used by the king to legitimize the integration of Viseu in the sphere of Asturian kingdom. Unfortunately, the archaeological record is profoundly disturbed, mostly as a result of the construction of the 18th century church. The written sourcesalso allowed us to understand why the old medieval building was abandoned, and give us clues about the construction strategies used in the modern church. Simultaneously explained the archaeological record identified.

KW - Necrópole

KW - Prospeção geofísica

KW - Alta Idade Média

KW - Restos Osteológicos

KW - Igreja de Época Moderna

KW - Necropolis

KW - Geophysics survey

KW - Early Medieval Period

KW - Human osteological remains

KW - Modern Church

M3 - Conference contribution

SN - 978-972-8215-55-2

SP - 81

EP - 100

BT - Do Império ao Reino

A2 - Tente, Catarina

PB - Câmara Municipal de Viseu

CY - Viseu

ER -

Tente C, Jimenéz Ó, Cardoso FA, Casimiro S, Alves CFP. A igreja de São Miguel de Fetal: Resultados das escavações e a sua interpretação. In Tente C, editor, Do Império ao Reino: Viseu e o território (séculos IV a XII). Viseu: Câmara Municipal de Viseu. 2018. p. 81-100