A Geografia da Sociedade da Informação e do Conhecimento em Portugal: Uma Análise Evolutiva de uma Década de Estatísticas

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

A Sociedade da Informação e do Conhecimento tem evoluído em Portugal de uma forma consistente e os indicadores conhecidos e trabalhados desde 1999, data da criação do Observatório da Ciência e Tecnologia (OCT), permitiram analisar um percurso informacional que, ainda assim e apesar de um desinvestimento nos últimos anos, tem conseguido manter o país nos lugares cimeiros de alguns benchmarkings europeus na penetração de infraestruturas tecnológicas., governo electrónico e utilização das tecnologias pelos cidadãos. Da Unidade de Missão para a Inovação e Conhecimento (UMIC) até à nova Direcção-Geral de Estatística de Educação e Ciência (DGEEC), foram alguns, os organismos responsáveis pelas estatísticas neste domínio. Embora com algumas mudanças organizacionais, parece ter havido uma continuidade nos objectivos inicialmente assumidos. Embora a SI seja um tema vasto e abrangente, tentou-se elaborar uma súmula de dados/informação, que permita analisar a evolução da Sociedade da Informação e do Conhecimento em Portugal nos últimos 10 anos, tentando observar algumas das atuais tendências.
Original languageUnknown
Title of host publication‘A JANGADA DE PEDRA’ – Geografias Ibero-Afro-Americanas. Atas do Colóquio Ibérico de Geografia
EditorsAntónio Vieira E Rui Pedro Julião
Place of PublicationGuimarães
PublisherAssociação Portuguesa de Geógrafos e Departamento de Geografia da Universidade do Minho
Pages162-168
ISBN (Print)978-972-99436-8-3 / 978-989-97394-6-8
Publication statusPublished - 1 Jan 2014

Cite this