A fundação de Angra da ilha Terceira. Programas e práticas urbanísticas na construção de um porto atlântico (séc. XVI)

Research output: Contribution to journalArticle

7 Downloads (Pure)

Abstract

Através da análise histórico‐morfológica de Angra (Ilha Terceira, arquipélago dos Açores,Portugal), cidade de fundação quinhentista, este artigo investiga a transposição ao mundo atlântico,em construção no século XVI, de regras de gestão territorial e modelos urbanísticos com origem no processo de composição de Portugal medieval, reformulados nas ilhas atlânticas e depois transposto sao resto do espaço atlântico português em construção. O artigo relaciona o estudo da morfologia urbana, sobrepondo à cartografia atual, dados e fontes históricas e investigação recentemente publicada sobre as vilas fundadas no arquipélago.

Through a historic‐morphologic analysis of Angra (Terceira Island, Azores archipelago,Portugal), this paper investigates the transposition to the Atlantic world, during the 16th century, of land reclamation laws and urban models originating in medieval Portugal, reformulated in the Atlantic islands and after implemented on the rest of the Portuguese Atlantic area. The research is supported by the interrelated analysis of historical data, namely documents on land donations, on recentpublished research on the cited places, and urban morphologic analysis.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)9-28
Number of pages20
JournalHistória Revista
Volume21
Issue number3
DOIs
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Angra (Terceira, Açores)
  • Urbanismo
  • Sesmarias urbanas
  • Angra (Terceira, Azores)
  • Urbanism
  • Land grants donation

Cite this