A Física e a Matemática no século XVIII – contribuições para o estudo do newtonianismo na primeira obra de Verney

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

A maior parte dos estudiosos da obra de Verney destacam no domínio da filosofia natural a sua defesa do experimentalismo e a adopção, dentro do eclectismo filosófico, de uma postura de adesão ao newtonianismo. Nas linhas que se seguem propomo-nos aprofundar a matriz newtoniana do pensamento de Verney ao nível das fontes (autores e livros) mencionados no Verdadeiro Método de Estudar, em particular na sua Carta X. Analisa-se as suas referências aos Principia de Newton bem como ao Cálculo Integral e Diferencial com a citação de Leibniz, os irmãos Bernoulli e o Marquês de l’ Hôpital e outros matemáticos contemporâneos. Assinala-se a ausência de qualquer alusão à segunda grande obra de Newton, a Óptica. Por último, discute-se a inclusão sistemática de autores e obras italianas, menos conhecidos da Europa culta da época, que parece terem sido importantes na formação «moderna» do jovem Verney radicado em Roma.
Original languagePortuguese
Title of host publicationLuís António Verney e a Cultura Luso-Brasileira do seu Tempo
Place of PublicationLisboa
PublisherMovimento Internacional Lusófono e DG edições 66-86
Pages66-86
Number of pages20
ISBN (Print)978-989-8661-59-3
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Luís Verney
  • Física no séc XVIII
  • Matemática no séc. XVIII
  • Iluminismo

Cite this

Fitas, A. (2016). A Física e a Matemática no século XVIII – contribuições para o estudo do newtonianismo na primeira obra de Verney. In Luís António Verney e a Cultura Luso-Brasileira do seu Tempo (pp. 66-86). Lisboa: Movimento Internacional Lusófono e DG edições 66-86.