A desorganização da Paisagem Rural Portuguesa em ‘A Dança dos Paroxismos

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Nesta apresentação pretendo abordar o filme A Dança dos Paroxismos (Jorge Brum do Canto, 1929) à luz de duas ideias principais. A primeira tem a ver com o diálogo que o filme enceta com a vanguarda francesa da mesma época, importando alguns aspetos e inovando noutros. A segunda, diz respeito ao caráter eminentemente disruptivo do filme no panorama nacional, facto que talvez ajude a explicar os mais de cinquenta anos de esquecimento a que a obra esteve votada. Procurarei aqui argumentar que o conceito de paisagem e a sua subversão, ou desorganização, é o ponto fulcral deste filme e funciona, simultaneamente, como o fator que o torna particularmente disruptivo e incómodo no contexto nascente do Estado Novo.
Original languagePortuguese
Title of host publicationFilmes Falados
Subtitle of host publicationCinema em Português, V Jornadas
EditorsFrederico Lopes, Ana Catarina Pereira
Place of PublicationCovilhã
PublisherLABCOM
Pages15-24
Number of pages9
ISBN (Electronic)978-989-654-107-1
Publication statusPublished - 2013

Publication series

NameCinema e Multimédia

Cite this

Castello Branco, P. (2013). A desorganização da Paisagem Rural Portuguesa em ‘A Dança dos Paroxismos. In F. Lopes, & A. C. Pereira (Eds.), Filmes Falados: Cinema em Português, V Jornadas (pp. 15-24). (Cinema e Multimédia). Covilhã: LABCOM.