A Criação da Figura do Diabo na Ópera Romântica: a construção de Iago em Giuseppe Verdi, um processo de demonologia

Research output: Contribution to conferenceOther

1 Downloads (Pure)

Abstract

Se Otello de Verdi é conhecido hoje como uma das suas melhores óperas, muito se deve à dramatização e construção demonológica da figura de Iago, um dos papéis mais difíceis de interpretar, dada a sua monstruosidade. A força muscular de Otello é derrotada pela inteligência maquiavélica de Iago que atinge o seu ponto culminante no Credo, uma eloquência satânica como numa se tinha visto antes na ópera romântica. A sua alma é completamente negra, desprovida de escrúpulos, criação genial de Boito e que encantava especialmente Verdi “indiferente a tudo, destruidor, dizendo o bem e o mal quase com ligeireza ”. Este artigo procura, então, explicar de que forma Boito e Verdi construíram uma autêntica demonologia em Iago.
Original languagePortuguese
Pages1-16
Number of pages16
Publication statusPublished - 2016
EventIII Encuentro Iberoamericano de Jóvenes Musicólogos - Sevilha, Spain
Duration: 10 Mar 201611 Mar 2016
http://www.musicologiacriativa.com/

Conference

ConferenceIII Encuentro Iberoamericano de Jóvenes Musicólogos
CountrySpain
CitySevilha
Period10/03/1611/03/16
Internet address

Keywords

  • Iago
  • Verdi
  • Diabo
  • Mal
  • Ópera

Cite this

Nunes, P. (2016). A Criação da Figura do Diabo na Ópera Romântica: a construção de Iago em Giuseppe Verdi, um processo de demonologia. 1-16. III Encuentro Iberoamericano de Jóvenes Musicólogos, Sevilha, Spain.