A cozinha e a mesa em Loulé medieval nos seus utensílios de uso comum: o testemunho dos Inventários de Órfãos

Research output: Contribution to journalArticle

4 Downloads (Pure)

Abstract

Os documentos do chamado Fundo do juiz dos órfãos de Loulé, do Arquivo Histórico desta cidade, são peças raras no contexto medieval português, com enorme interesse para o estudo da orfandade medieval. Apesar de produzidos para salvaguardar o interesse dos órfãos e para acompanhar a maneira como os tutores respectivos administravam os seus bens, ou prestavam contas dessas tutelas, eles revelam de modo igual imensas outras facetas do viver medieval. Dez deles, redigidos ao longo de setenta anos, entre 1408 e 1479, são aqui utilizados para recuperar os utensílios de uso comum na cozinha e na mesa medieval, associados à armazenagem, à confecção e ao consumo dos alimentos. Não esquecendo a natureza e os limites dos registos escritos, mas conjugando os informes destes com os dados da Arqueologia e da Etnografia, obteve-se um panorama bastante coerente, a que não faltam observações sobre o significado social da escassez de alfaias em certos agregados familiares, ou sobre a distinção denunciada pela qualidade e pela raridade de alguns outros utensílios.
Original languagePortuguese
Article number1
Pages (from-to)1-53
Number of pages53
JournalMedievalista online
Volume25
DOIs
Publication statusPublished - 2019

Keywords

  • Idade Média
  • Loulé
  • Cozinha
  • Inventários

UN Sustainable Development Goals (SDGs)

  • SDG 4 - Quality Education

Cite this