A configuração dos tipos de discurso nos textos de divulgação científica

Research output: Contribution to conferenceAbstract

4 Downloads (Pure)

Abstract

Esta comunicação insere-se num projeto de investigação intitulado Promoção da Literacia Científica, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian. Este projeto visa criar estratégias de intervenção didática para promover a literacia científica de alunos de diferentes ciclos de escolaridade e incide especificamente na descrição e análise de textos utilizados para divulgar ciência na imprensa portuguesa atual.
No âmbito do Interacionismo Sociodiscursivo (Bronckart, 1997/1999, 2008), os tipos de discurso são um instrumento privilegiado de análise linguística e textual, com utilidade na descrição dos géneros (Coutinho, 2004, 2008, Miranda, 2008, Gonçalves e Leal, 2012, Jorge, 2014, 2015). Procurando enriquecer o trabalho desenvolvido no quadro do ISD, o objetivo da presente comunicação é demonstrar que os tipos de discurso têm potencialidades que, indo para além da análise textual e genológica, concretizam a descrição e caracterização das próprias atividades de linguagem.
Em termos metodológicos, optamos por uma via de abordagem predominantemente descendente (Volochinov, 1977), qualitativa e interpretativa de carácter retórico-hermenêutica (Rastier, 2001), não descurando dados quantitativos entendidos como pertinentes. Assim, com base na análise de dez textos de divulgação científica, produzidos na intersecção das atividades nas atividades jornalística e científica, e dez textos oriundos de outras atividades – sociedade e economia –, publicados na imprensa portuguesa (Diário de Notícias, Público) em maio 2016, analisaremos a ocorrência e a configuração dos tipos de discurso tendo em conta quer as unidades linguísticas efetivamente presentes nos textos, quer os modos de articulação entre os tipos de discurso. As análises demonstrarão que a configuração dos tipos de discurso nos textos de divulgação científica apresenta especificidades que decorrem das atividades de linguagem em causa – jornalismo e ciência.
De facto, como evidenciam as análises e ao contrário do que acontece nos textos das áreas da sociedade e economia – em que predomina uma atitude enunciativa implicada (relato interativo e discurso interativo) –, nos textos de divulgação científica, os discursos tipo interativo surgem articulados com os discursos de tipo autónomo (principalmente o discurso teórico). Das análises dos 20 textos, conclui-se que a presença do discurso teórico é consequência da atividade de divulgação científica mais do que do género textual. Por outro lado, verifica-se a presença de dois movimentos recorrentes: 1) a passagem do expor para o narrar; 2) a passagem da implicação para a autonomia.
Em suma, este trabalho visa para além de clarificar as relações que se tecem entre atividades de linguagem, géneros textuais e tipos de discurso, contribuir também para a reflexão sobre o quadro geral do ISD, apresentando dados empíricos que atestem a configuração dos tipos de discurso em língua portuguesa.
Original languagePortuguese
Pages109-110
Number of pages1
Publication statusPublished - 2017
EventV Encuentro Internacional del Interaccionismo Sociodiscursivo: Actvidad de Lenguaje, textos Y Discursos: Recorridos de Investigación e Intervención - Facultad de Humanidades y Artes de la Universidad Nacional de Rosario, Rosario, Argentina
Duration: 30 Aug 20171 Sep 2017
https://isdrosarioargentina.wordpress.com

Conference

ConferenceV Encuentro Internacional del Interaccionismo Sociodiscursivo: Actvidad de Lenguaje, textos Y Discursos: Recorridos de Investigación e Intervención
Abbreviated titleISD 2017
CountryArgentina
CityRosario
Period30/08/171/09/17
Internet address

Keywords

  • Tipos de discurso
  • Atividade de linguagem
  • Divulgação na ciência

Cite this

Gonçalves, M. A., & Jorge, N. D. O. (2017). A configuração dos tipos de discurso nos textos de divulgação científica. 109-110. Abstract from V Encuentro Internacional del Interaccionismo Sociodiscursivo: Actvidad de Lenguaje, textos Y Discursos: Recorridos de Investigación e Intervención, Rosario, Argentina.